XXIII Feira Gastronómica do Porco realiza-se de 15 a 17 de janeiro e conta também com vendas online
BOTICAS, 2020-12-04 17:49:07


A XXIII Feira Gastronómica do Porco tem data marcada para os dias 15, 16 e 17 de janeiro de 2021, realizando-se este ano, por força das circunstâncias ditadas pela pandemia de Covid-19, em moldes distintos do habitual, cumprindo todas as regras emanadas pela Direção Geral de Saúde, mas mantendo a qualidade a que habituou os visitantes, promovendo os produtos tradicionais de reconhecida qualidade, em especial o fumeiro e todos os derivados do porco, e proporcionando oportunidades de negócio únicas aqueles que se dedicam à produção do fumeiro tradicional, com importantes reflexos para a economia local.

A disposição do Pavilhão Multiusos e dos stands foi pensada para que seja respeitado o distanciamento social entre os vários postos de venda, sendo também implementados circuitos para deslocação no interior, com a entrada e saída a serem feitas por locais distintos, para evitar o cruzamento de pessoas. O número de acessos ao interior do Pavilhão será também condicionado em função do espaço necessário para que o distanciamento possa ser cumprido, havendo ainda a medição da temperatura à entrada para a Feira e a obrigatoriedade de uso da máscara.

Por força das circunstâncias, a Feira deste ano não contará com as habituais “Tasquinhas” no interior do Pavilhão, sendo que os restaurantes do Concelho se associam à iniciativa e disponibilizarão, nos seus próprios espaços, ementas adequadas ao evento, tendo por base da sua confecção as carnes e os derivados do Porco.

No pavilhão estarão apenas presentes os stands com venda de fumeiro, alguns produtos da panificação local, licores, compotas e afins, sendo que estão proibidas a degustação e provas de fumeiro e não podem ser vendidas bebidas a copo (como licores e afins).

Procurando evitar concentrações de pessoas, não haverá qualquer ação de animação musical nem as tradicionais chegas de bois e também não serão permitidas manifestações culturais improvisadas como tocadores de concertinas e cantadores ao desafio.

Assegurando que todas as condições de segurança, em face do momento que enfrentamos, estarão reunidas, o Município de Boticas irá disponibilizar testes rápidos, tendo também um enfermeiro em permanência, caso alguém manifeste sintomas compatíveis Covid-19, de modo a poder debelar rapidamente qualquer caso suspeito. Simultaneamente, serão colocados dispensadores de álcool gel distribuídos por diversos pontos do Pavilhão Multiusos.

Na sexta-feira (dia 15 de janeiro) o funcionamento da Feira será entre as 14h00 e as 19h00, enquanto no sábado e domingo funcionará das 10h00 às 19h00

 

Feira terá também vendas online

Em simultâneo com a realização da XXIII Feira Gastronómica do Porco no seu espaço físico de referência (Pavilhão Multiusos) a Câmara Municipal irá disponibilizar uma plataforma de vendas online através do qual os produtores poderão realizar complementarmente os seus negócios. Esta plataforma funcionará a partir do dia 15 de janeiro (dia de abertura da Feira) e até ao dia 27 de janeiro, por ocasião do início da Feira do Fumeiro de Montalegre.

O modelo de negócio, a gestão, acondicionamento e expedição de encomendas estará a cargo do Município de Boticas, contando com a parceria da Associação Empresarial Botiquense Mais Boticas, enquanto os Produtores terão apenas que garantir a entrega dos produtos que lhes são solicitados, recebendo o respetivo pagamento. À semelhança do que acontece no espaço da feira, nas vendas online há igualmente o compromisso na qualidade do fumeiro e o controlo de qualidade do mesmo, aplicando-se, no geral, as regras pelo qual se rege o comércio electrónico, com todas as garantias de cumprimento dos direitos do consumidor.

A adesão dos Produtores a esta plataforma será facultativa, tendo por objectivo garantir um rendimento extra e criar canais para escoamento do produto produzido.

 

Reuniões preparativas

Agilizando todos os pormenores relativos à realização da XXIII Feira Gastronómica do Porco e procurando que todas as regras de segurança e o Plano de Contingência delineados para o certame sejam cumpridos, tendo sempre em primeira linha de conta a Saúde Pública, sem descurar o aspeto económico da Feira e a necessidade de criar oportunidades de negócio aos agentes económicos locais, que enfrentam dificuldades financeiras cada vez maiores em virtude da prolongada crise de saúde pública, o Presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga, reuniu esta sexta-feira, dia 4 de dezembro, com os Produtores de Fumeiro e com os restaurantes do Concelho, no sentido de apresentar não só a estratégia da Autarquia para a Realização da Feira do Porco de 2021, mas também para ouvir opiniões relativamente a aspectos que podem ser alterados para garantir o maior sucesso possível deste evento numa altura a todos os níveis difícil.

“Estamos a trabalhar para realizarmos uma Feira em moldes que nos prestigiem a todos e que, sobretudo, seja economicamente rentável para os produtores de fumeiro, que têm nesta atividade uma importante fatia do rendimento familiar. Acredito que a qualidade dos nossos produtos tradicionais e do nosso fumeiro continuarão a atrair gente a Boticas e a nossa principal responsabilidade é garantir que estão reunidas todas as condições de segurança e de salvaguarda da saúde pública. Julgo que o modelo ‘misto’ que vamos implementar, com a Feira física e as vendas online, irão garantir as oportunidades que os nossos agricultores necessitam para venderem o seu fumeiro e conseguirem os rendimentos de que tanto precisam”, refere o Presidente da Câmara, que garante ainda que “existirão todas as condições, tanto ao nível do espaço da Feira como na Restauração do Concelho, para que quem se desloca a Boticas sinta total segurança, possa comprar e degustar os nossos produtos, sendo recebido sempre com a habitual hospitalidade do povo barrosão. E, para quem optar por ficar no seu lar, poderá encomendar o fumeiro através da plataforma na internet e receber comodamente os produtos em sua casa”.

“Pese embora todas as restrições e as adaptações necessárias, a Feira do Porco não deixará de se realizar. Temos os diferentes cenários equacionados e soluções pensadas para cada situação. Numa situação extrema, poderemos mesmo avançar para a realização de uma Feira ao estilo ‘drive-in’, na certeza de que procuraremos sempre ajudar os nossos agricultores a obterem os rendimentos do seu trabalho. É o mínimo que podemos fazer, atendendo à enorme dívida de gratidão que temos para com eles, que tanto nos têm ajudado a promover o nosso concelho, a nossa região e os nossos produtos tradicionais”, sublinha Fernando Queiroga. 

Tags

Protecção Civil   Sapadores Florestais   Livros / Lançamentos / Feiras   Festa de Boticas   Município de Boticas   Festas / Romarias   Tempo   Natalidade   Aventura no Barroso   Canil Municipal   +Boticas   Acção Social   Ambiente   Confraria   Educação Rodoviária   Ecomuseu   Senhor do Monte   Hora do Planeta   CIM do Auto Tâmega   GDB  

Últimas

Plataforma Online de Venda de Fumeiro é um sucesso

Plataforma Online de Venda de Fumeiro é um sucesso

Boticas ocupa o 2º lugar entre os Municípios com mais incentivos em estudo divulgado pela DECO

Boticas ocupa o 2º lugar entre os Municípios com mais incentivos em estudo divulgado pela DECO

Serviço de metrologia da AMAT

Serviço de metrologia da AMAT

Canil Municipal de Boticas recebeu donativo de Emigrantes

Canil Municipal de Boticas recebeu donativo de Emigrantes

Censos 2021 | Recrutamento de Recenseadores

Censos 2021 | Recrutamento de Recenseadores

Empresários locais participaram em sessão de esclarecimentos sobre Apoios à Produção Nacional (Base Local)

Empresários locais participaram em sessão de esclarecimentos sobre Apoios à Produção Nacional (Base Local)

Novo Comandante do RI 19 visitou o Município

Novo Comandante do RI 19 visitou o Município

Sessão de esclarecimento sobre candidaturas ao Programa de Apoio à Produção Nacional (Base Local)

Sessão de esclarecimento sobre candidaturas ao Programa de Apoio à Produção Nacional (Base Local)