Relatório de Gestão e Contas de 2018 da Câmara de Boticas aprovado por unanimidade pela Assembleia Municipal
BOTICAS, 2019-04-16 15:17:43


Realizou-se esta segunda-feira, dia 15 de abril, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, uma sessão ordinária da Assembleia Municipal, onde foi aprovado, por unanimidade, o Relatório de Gestão e Contas relativo ao ano de 2018.

Neste relatório destaca-se, principalmente, o facto de a Câmara Municipal ter transitado de ano com um saldo orçamental de 1.829.084,22€. Este valor é o reflexo do rigoroso controle das despesas que o executivo camarário tem vindo a implementar no exercício das suas funções.

Por sua vez, o ano de 2018 resultou numa poupança corrente efetiva de 905.223,61€, valor que expressa a capacidade da autarquia conseguir, através da receita corrente, financiar a estrutura necessária ao funcionamento dos serviços municipais.

Quanto à dívida bancária de médio e longo prazo, em 2018 era de 539.603,17€, registando uma diminuição de 302.670,27€ em comparação com o ano anterior.

No que diz respeito à dívida a curto prazo registou-se, a 31 de dezembro de 2018, o valor de 184.995,70€. Relativamente ao prazo médio de pagamento a fornecedores fixou-se em 17 dias. Além disso, a autarquia apresenta um índice de autonomia de 70%, o que demonstra que o recurso a crédito de terceiros é muito reduzido.

No que concerne à execução orçamental são de realçar os indicadores obtidos com a boa taxa de execução das receitas correntes, que se situou no 96,20%, enquanto que as despesas correntes se fixaram em 80,01%, garantindo assim um bom grau de cumprimento das previsões.

Quanto às receitas correntes, a taxa de execução foi de 96,20%. Por outro lado, as despesas de capital tiveram um bom desempenho, com a taxa de execução a fixar-se nos 58,47%.

Relativamente à rubrica Passivos Financeiros tem nos últimos anos o valor de zero, o que comprova que não foi contraído qualquer empréstimo.

Por fim, as Grandes Opções do Plano (GOP) registaram uma taxa de execução a rondar os 65,31%, atingindo um valor total de 6.003.252,66€, dos quais 2.399.683,25€ dizem respeito ao Plano Plurianual de Investimentos e 3.603.569,41€ ao Plano de Atividades Municipal. O coeficiente de execução relativo aos dois planos foi de 53,30% e de 76,85%, respetivamente.

O Presidente da Câmara, Fernando Queiroga, mostrou-se “bastante satisfeito pelo executivo ter conseguido gerir as contas do município de forma rigorosa e transparente”, destacando que “é este o motivo pelo qual continuamos com uma boa saúde financeira”.

O autarca referiu ainda que “nos mantemos dedicados ao desenvolvimento da nossa terra e em lutar pelo melhor para os nossos munícipes”.

Tags

Idosos   Exposições   Comissão Municipal de Defesa da Floresta   TDT   Educação   Assembleia Municipal   Documentário   ANMP   Carnaval   Defesa da Floresta   CIM do Auto Tâmega   PIICIE   Ambiente   Presidente   Obras   Conselho Cinegético   Acção Social     Natalidade   Sapadores Florestais  

Últimas

Cerimónia de Instalação dos Órgãos Autárquicos do Concelho de Boticas

Cerimónia de Instalação dos Órgãos Autárquicos do Concelho de Boticas

Casa do Conhecimento de Boticas dinamiza 22ª sessão da Comunidade de Leitores

Casa do Conhecimento de Boticas dinamiza 22ª sessão da Comunidade de Leitores

Boticas com mais dois trilhos certificados e uma Via Ferrata

Boticas com mais dois trilhos certificados e uma Via Ferrata

GD Boticas promoveu sessão de motivação comportamental

GD Boticas promoveu sessão de motivação comportamental

Câmara entregou fichas de trabalho aos alunos do Concelho

Câmara entregou fichas de trabalho aos alunos do Concelho

Entrega dos prémios do Concurso Escolar “Uma Viagem por terras de Nadir...”

Entrega dos prémios do Concurso Escolar “Uma Viagem por terras de Nadir...”

Estreia de Boticas a receber o Europeu de Ralis

Estreia de Boticas a receber o Europeu de Ralis

Fernando Queiroga reeleito Presidente da Câmara Municipal pelo terceiro mandato

Fernando Queiroga reeleito Presidente da Câmara Municipal pelo terceiro mandato