Presidente da Câmara recebido pelo Ministro do Ambiente
BOTICAS, 2013-12-19 15:39:41

Presidente da Câmara recebido pelo Ministro do AmbientePresidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga e Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Jorge Moreira da Silva
Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga e Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Jorge Moreira da Silva

Com a finalidade de obter informação sobre o ponto de situação relativo à  construção das barragens do Alto Tâmega, o Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, deslocou-se a Lisboa esta terça-feira, dia 17 de dezembro, para uma reunião com o Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Jorge Moreira da Silva, sendo acompanhado por outros autarcas dos municípios do Alto Tâmega. As negociações do futuro empreendimento hidroeléctrico do Alto Tâmega (barragens do Tâmega, Daivões e Gouvães) estão paradas há quase três anos, depois de uma providência cautelar interposta pela Quercus. A construção deste complexo hidroelétrico foi concedida à empresa Iberdrola e representa um investimento de 1.700 milhões de euros, num empreendimento que deverá ter um total de 1.135 megawatts de potência e uma produção elétrica anual de 1.900 gigawatts/hora, equivalente ao consumo de um milhão de pessoas. Apesar dos recuos e avanços ao longo de todo este processo, a potência contratada mantem-se inalterada, até porque a Iberdrola já pagou ao Estado português um prémio de concessão no valor de 303 milhões de euros pela exploração do complexo hidroelétrico, faltando neste momento rever as contrapartidas deste projeto para os Municípios afetados, no qual Boticas se inclui. Já em 2011, Boticas e as restantes autarquias afetadas, propuseram um conjunto de medidas compensatórias à Iberdrola (no Plano de Ação Socioeconómico e Cultural), com o objetivo de salvaguardar os interesses da região. Uma das contrapartidas exigidas pela autarquia de Boticas é, sobretudo, uma maior comparticipação em projetos de desenvolvimento turístico.

No entanto se, por qualquer motivo, não se puder concretizar a construção das barragens, a empresa intermunicipal EHATB (Empreendimentos Hidroelétricos do Alto Tâmega e Barroso) poderá avançar com a proposta da construção de uma mini – hídrica na região.

Tags

DHI   Festival de Folclore   Hora do Planeta   Ambiente   Assembleia Municipal   Dia da Mulher   Natal do Idoso   Comissão Municipal de Proteção Civil   IMI   Chegas de Bois   Actividades de Verão   B.V.B   Lítio   PAVT   Conselho Local de Ação Social   Natalidade   Protecção Civil   Município de Boticas   Boticas Parque   Dia do Idoso  

Últimas

Câmara de Boticas vai suportar encargos com transporte de doentes com sintomas de COVID-19

Câmara de Boticas vai suportar encargos com transporte de doentes com sintomas de COVID-19

4º Boticas Trail – Caminhos do Galaico adiado

4º Boticas Trail – Caminhos do Galaico adiado

Centro de Saúde de Boticas com Área Dedicada ao COVID-19

Centro de Saúde de Boticas com Área Dedicada ao COVID-19

Rampa Internacional de Boticas adiada

Rampa Internacional de Boticas adiada

Concelho de Boticas acordou pintado de branco

Concelho de Boticas acordou pintado de branco

Autarquia preocupada com vaga de incêndios florestais no Concelho

Autarquia preocupada com vaga de incêndios florestais no Concelho

Pavilhão Multiusos preparado com 45 camas

Pavilhão Multiusos preparado com 45 camas

Paróquia de Boticas vai transmitir Eucaristia pelo Facebook

Paróquia de Boticas vai transmitir Eucaristia pelo Facebook