Escavações arqueológicas nas Batocas pelo quarto ano consecutivo
BOTICAS, 2014-08-21 15:41:13


No passado dia 7 agosto, o Presidente do Município de Boticas, Fernando Queiroga, deslocou-se à Estação Arqueológica das Batocas, na freguesia de Ardãos, com o objetivo de conhecer de perto os trabalhos arqueológicos realizados pelos alunos da Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho, desenvolvidos no âmbito do Projeto de “Conservação, Estudo, Valorização e Divulgação do Complexo Mineiro Antigo do Vale Superior do Rio Terva, Boticas”.

Sob orientação do Doutor Luís Fontes e da investigadora Mafalda Alves, ambos da Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho, têm vindo a ser realizadas várias escavações arqueológicas no lugar das Batocas, que vieram comprovar a existência de um importante povoado romano que serviria de apoio à exploração e tratamento mineiro outrora existente. Ao longo destas escavações foram também encontradas algumas peças arqueológicas referentes ao período romano, estando a maioria exposta no Centro Interpretativo do PAVT, e as restantes a serem objeto de limpeza e restauro no Museu D. Diogo de Sousa (Braga).

De relembrar que a Universidade do Minho e o Município de Boticas estabeleceram um protocolo de cooperação para execução do referido projeto, tendo já no ano passado estado, igualmente, um grupo de alunos de arqueologia da universidade minhota no concelho botiquense, de forma a dar seguimento a estes trabalhos arqueológicos. De referir também que foi no ano de 2010 que começaram a ser realizados alguns trabalhos de pesquisa bibliográfica e documental, alguns levantamentos topográficos em locais anteriormente selecionados, prospeções extensivas e intensivas na área de estudo, bem como sondagens de diagnóstico no povoado de Batocas, sendo que neste momento todos os trabalhos arqueológicos realizados nesta Estação serão para ficar finalmente a descoberto.

Sem dúvida alguma, estes trabalhos arqueológicos, resultantes do protocolo de cooperação entre as duas entidades, constituem um valioso contributo para um conhecimento mais amplo e aprofundado de todo o Complexo Mineiro Antigo do Vale Superior do Rio Terva, permitindo não só valorizar e preservar o espaço, mas também dar a conhecer aquele que foi um dos mais importantes locais de mineração aurífera na época romana.

Tags

+Boticas   Documentário   Festas / Romarias   Canil Municipal   CPCJ   GDB   Vespa Velutina   Desporto   Boticas Parque (BNB)   Volta a Portugal   Concurso Pecuário   Janeiras / Reis   Inaugurações   Hora do Planeta   Festa de Boticas   Confraria   Verão em Festa 2019   Obras   Dia do Idoso    

Últimas

Assinatura dos Acordos de atribuição de subsídios às Juntas de Freguesia

Assinatura dos Acordos de atribuição de subsídios às Juntas de Freguesia

Assinatura dos Protocolos relativos ao Programa de Medidas Compensatórias do Sistema Electroprodutor do Tâmega

Assinatura dos Protocolos relativos ao Programa de Medidas Compensatórias do Sistema Electroprodutor do Tâmega

Queimas e queimadas proibidas durante o período crítico

Queimas e queimadas proibidas durante o período crítico

Câmara de Boticas vai passar a entregar o Correio em algumas aldeias do Concelho

Câmara de Boticas vai passar a entregar o Correio em algumas aldeias do Concelho

ARS Norte preocupada com a mobilidade na época do verão e preparação do inverno

ARS Norte preocupada com a mobilidade na época do verão e preparação do inverno

Programa de Dinamização da Restauração e do Comércio Local “Viver Boticas”

Programa de Dinamização da Restauração e do Comércio Local “Viver Boticas”

Atividades de Ocupação de Tempos Livres não se realizam este verão

Atividades de Ocupação de Tempos Livres não se realizam este verão

Piscinas Municipais Descobertas não abrem no verão

Piscinas Municipais Descobertas não abrem no verão