Presidente da Câmara quer centros de recolha para diagnóstico à COVID-19 nos centros de saúde e recolhas ao domicílio
BOTICAS, 2020-03-27 14:27:18

Presidente da Câmara quer centros de recolha para diagnóstico à COVID-19 nos centros de saúde e recolhas ao domicílio

Estando a acompanhar em permanência a evolução do surto da COVID-19 no nosso país, sempre em estreita ligação com as Autoridades de Saúde, o Presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga, mostra-se “extremamente preocupado com a falta de atenção que tem sido dada às regiões do Interior que, mais uma vez, são esquecidas e colocadas em segundo plano”. Em plena fase de mitigação da pandemia, a mais crítica e onde se verifica transmissão comunitária do vírus, “as estruturas de saúde nestas regiões do Interior continuam desajustadas da realidade e incapazes de dar uma resposta tão pronta quanto eficaz às necessidades da nossa população, numa altura em que o contágio é uma ameaça cada vez mais real”. O Presidente da Câmara refere que os autarcas da região do Alto Tâmega têm estado “em permanente contacto com a ARS Norte, manifestando a necessidade de ser implementada um centro de diagnóstico em cada NUT III”, como forma de evitar a deslocação de eventuais pessoas infetadas, o que “seria uma forma mais eficaz de reduzirmos o contágio”. Pese embora tal acontecer, reconhecendo a falta de recursos e de profissionais de saúde, Fernando Queiroga refere que “no mínimo deveria ser criado um centro de recolha em cada Centro de Saúde”, que enviaria posteriormente as amostras para realização dos testes laboratoriais ao COVID-19.

O Presidente da Câmara de Boticas sublinha ainda que a actual situação que se vive “será incomportável num muito curto espaço de tempo, porque implica a deslocação dos casos suspeitos até Chaves para realização do teste à COVID-19, que depois envia as recolhas para Vila Real para a realização do referido teste em laboratório”.

O Autarca relembra que “a área do Alto Tâmega é muito extensa, a maioria da população é idosa e não tem meios próprios de mobilidade, acrescendo que neste momento, como medida de contenção, os transportes públicos estão todos suspensos. O transporte das pessoas suspeitas de infecção por COVID-19 tem que ser feito pelas corporações de bombeiros, que estão a entrar numa situação de rutura, já que não dispõem de equipamentos de protecção individual suficientes para fazerem face às necessidades, pelo que a breve prazo terão mesmo que parar”.

Nesta fase, Fernando Queiroga sublinha que “para além dos Centros de Saúde poderem ser áreas de recolha, os serviços de enfermagem poderiam também fazer recolhas ao domicílio nos casos de pacientes referenciados como suspeitos de infecção por COVID-19, uma medida que permitiria uma maior celeridade no diagnóstico e seria também uma barreira à propagação do contágio”.

O Presidente da Câmara de Boticas termina, pedindo “maior atenção para o Interior do País” solicitando às Autoridades de Saúde e ao Governo que “deixem de tentar passar pela chuva como se não houvesse quaisquer problemas, acautelando as necessidades e dando resposta às preocupações destas regiões do Interior, onde também há pessoas que são portugueses por direito e merecem a mesma atenção do resto do país”.



Tags

Desporto   Conselho Municipal de Juventude   Senhor do Monte   Seminário   Barragens Alto Tâmega   Natal do Idoso   CIM do Alto Tâmega   Cartão Social   Visita de Estudo a Lisboa   Obras   Freguesias   Gond-Pontouvre   Vespa Velutina   Património Agrícula Mundial     Sapadores Florestais   Educação   Sessões Informativas   Fórum Boticas   S. Sebastião  

Últimas

XI Passeio de Motas do Clube Aventura de Boticas com cerca de 250 participantes

XI Passeio de Motas do Clube Aventura de Boticas com cerca de 250 participantes

Boticas Parque – Natureza e Biodiversidade distinguido com o prémio “Cinco Estrelas Regiões”

Boticas Parque – Natureza e Biodiversidade distinguido com o prémio “Cinco Estrelas Regiões”

"Carvalhelhos Limpa" 2024

CPCJ de Boticas associou-se à campanha “Abril – Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância”

CPCJ de Boticas associou-se à campanha “Abril – Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância”

5ª Edição do Concurso de Ideias “Empreender no Alto Tâmega” promovida pela CIMAT

5ª Edição do Concurso de Ideias “Empreender no Alto Tâmega” promovida pela CIMAT

Boticas acolheu 9º Encontro Nacional pela Justiça Climática

Boticas acolheu 9º Encontro Nacional pela Justiça Climática

Câmara de Boticas realiza monitorizações das armadilhas à vespa asiática

Câmara de Boticas realiza monitorizações das armadilhas à vespa asiática

Atividades de Ocupação de Tempos Livres da Páscoa contaram com a participação de cerca de 100 crianças e jovens

Atividades de Ocupação de Tempos Livres da Páscoa contaram com a participação de cerca de 100 crianças e jovens