Centro de Observação da Natureza do Barroso






Designação do projeto – Centro de Observação da Natureza do Barroso

Código do projeto – NORTE-06-3928-FEDER-000013

Objetivo principal – Promover o emprego e apoiar a mobilidade laboral

Região de intervenção – Norte

Entidade beneficiária – Município de Boticas

 

Data de aprovação – 08-11-2018

Data de início – 14-11-2017

Data de conclusão – 21-01-2020

Custo total elegível – 299.769,81€

Apoio financeiro da União Europeia – FEDER – 254.804,34€

Apoio financeiro público nacional – 44.965,47€

 

Descrição do Projeto:

Com este projeto pretende-se valorizar o património natural, cultural e paisagístico e os recursos endógenos do território, através da criação de infraestruturas e serviços de turismo ativo, cultural, desportivo e lúdico, bem como da realização de ações de promoção e divulgação, com vista à difusão da riqueza ambiental e patrimonial da região do Barroso, imprescindíveis ao cumprimento integral de todos os objetivos propostos no âmbito deste projeto.

Objetivos Específicos do Projeto:

 

  • Promover a visitação do património natural, cultural e paisagístico da região;
  • Desenvolver uma dinâmica local de consciencialização, identidade e defesa do património ambiental do Município;
  • Aumentar a atratividade do território, no sentido de aumentar o número de turistas que visitam a região;
  • Projetar uma imagem dinâmica e única junto do público, que encontrará aqui uma oferta global e cativante, potenciadora de estadias mais prolongadas;
  • Dinamizar o turismo e promover o empreendedorismo e a criação de emprego nas áreas relacionadas com este setor;
  • Criar mecanismos direcionados para a fixação de população e para o aumento da qualidade de vida generalizada das comunidades locais, através da rentabilização dos ativos do território.

 

Resultados esperados/atingidos:

As intervenções a realizar no âmbito do presente projeto serão realizadas na área do Boticas Parque – Natureza e Biodiversidade, um espaço inovador que conjuga a biodiversidade e a natureza, com a valorização dos recursos endógenos e actividades no âmbito da educação ambiental e investigação científica e que tem o Rio Beça como elemento marcante na paisagem e cuja envolvente apresenta uma enorme valia ambiental e uma notável diversidade faunística e florística.

Para o efeito será implementado um conjunto integrado de ações com vista à afirmação do rio Beça como âncora da valorização do território envolvente, reforçando a sua atratividade e contribuindo para a afirmação de uma estratégia diferenciadora de desenvolvimento turístico através da utilização de recursos naturais.

Este projeto pretende promover o desenvolvimento sustentado do território, pugnando por uma cada vez maior atratividade do mesmo, procurando a atração de novos investimentos, que possam contribuir para a criação de mais desenvolvimento económico e novas oportunidades de emprego. Ambicionando ir ao encontro de uma visão estruturada das potencialidades da economia local, é feita uma forte aposta na valorização do património e dos produtos locais e numa cada vez maior atratividade para o investimento no setor do turismo.