Canais: | CMB Mobile | SMS | Newsletter | Vídeos | Youtube | Twitter | Facebook | Feeds RSS |  
Meo Kanal
  • Menu Principal
Divulgação
Consulta Pública
Gabinete de Promoção ao Investimento
Portugal 2020 - Investimentos
Roteiro das Minas
Boticas Parque
Geo Boticas
Planos Municipais de Ordenamento do Território em Vigor
Área de Reabilitação Urbana (ARU)
Plano de Urbanização de Boticas (Revisão 2013)
Equipamentos
Parque de Campismo
Piscinas Municipais
Canil
CEDIEC - Centro Europeu de Documentação e Interpretação da Escultura Castreja
Centro de Artes Nadir Afonso
Parque Arqueológico do Vale do Terva | Bobadela
CCDR
Pocto de Autarcas
Gabinete de Apoio ao Emigrante (GAE)
Comunicação de Leituras de Água
Adesão à Fatura Electrónica de Água
Contratos Públicos Online
Repositório Histórico do "Vinho dos Mortos"


A HISTÓRIA DO VINHO DOS MORTOS

Foram as Invasões Francesas que vieram originar o aparecimento do que hoje é um verdadeiro ex-libris de Boticas – O VINHO DOS MORTOS. Foi durante a 2ª Invasão Francesa (1808) e em face do avanço das tropas comandadas pelo General Soult, que na sua passagem tudo saqueavam, pilhavam e destruíam, que a população de Boticas, para tentar defender o seu património, decidiu esconder, enterrando, o que tinha de mais valioso. O vinho foi enterrado no chão das adegas, no saibro, debaixo das pipas e dos lagares. Mais tarde, depois dos franceses terem sido expulsos, os habitantes recuperaram as suas casas e os bens que restaram. Ao desenterrarem o vinho, julgaram-no estragado. Porém, descobriram com agrado que estava muito mais saboroso, pois tinha adquirido propriedades novas. Era um vinho com uma graduação de 10º/11º, palhete, apaladado, e com algum gás natural, que lhe adveio da circunstância de se ter produzido uma fermentação no escuro a temperatura constante.

Por ter sido “enterrado” ficou a designar-se por “Vinho dos Mortos” e passou a utilizar-se esta técnica, descoberta ocasionalmente, para melhor o conservar e optimizar a sua qualidade. O Vinho dos Mortos é, por isso, o símbolo de uma guerra de subsistência, não só material e económica, mas também e essencialmente moral. É o exemplo da sagacidade e da resistência do Povo de Boticas, “obrigado” a usar das mais inimagináveis formas de preservar o seu património.

Loja Venda Online: aqui...


Atenção
Este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

| Primeiro Acesso | Ficha Técnica | Mapa do Site | Política de Privacidade e Segurança | Contactos | Links | Telefones Úteis | RSS Símbolo de Acessibilidade na Web Acessos W3C Markup Validation Service
W3C CSS Validator
Optimizado para: | N 9 | FF 4 | IE 9 | OP 9 | Safari 4 | Chrome 1 | Resolução: 1280 X 768 px | Copyright © CM-Boticas - 2011