Projeto Estratégico de Gestão e Valorização Cultural do Centro de Artes Nadir Afonso
BOTICAS, 2014-06-23 14:44:41

 

Com o objetivo de elaborar um estudo que permitisse ao Município de Boticas fazer uma avaliação de possíveis modelos de organização e financiamento a desenvolver, adequados a uma correta gestão e dinamização do Centro de Artes Nadir Afonso, foi recentemente concluído e apresentado o “Projeto Estratégico de Gestão e Valorização Cultural do Centro de Artes Nadir Afonso”. Este estudo teve em conta o contexto socioeconómico e cultural que envolve a localização desta infraestrutura, tendo sido analisados vários indicadores, nomeadamente as acessibilidades geográficas, os indicadores económicos e sociodemográficos, o grau de investimentos na área da cultura na região de Trás-os-Montes e o tipo de equipamentos e dinâmicas culturais desta região.

Tendo em conta que um dos principais objetivos do Município de Boticas em relação a este espaço cultural é precisamente o garantir a sua viabilização a médio/longo prazo, o município tem tido a preocupação de desenvolver um conjunto de orientações estratégicas que permitam dinamizar e divulgar o Centro de Artes, tornando-o num espaço de referência artística e cultural, quer a nível nacional, quer a nível internacional.

Este Projeto de Gestão e Valorização abrange um conjunto de objetivos estratégicos que vêm de encontro à vontade de fazer desta infraestrutura um equipamento culturalmente dinâmico e com uma programação distinta, que possibilite simultaneamente o desenvolvimento económico e turístico do concelho.

A aposta num programa mais ativo, com a calendarização de exposições permanentes e a preparação de atividades educativas e de formação, são certamente algumas das estratégias a implementar, sendo para isso fulcral a captação de mecenas e patrocinadores para alguns eventos e a inclusão de um público mais abrangente, através da criação de parcerias e redes de colaboração transfronteiriças.

Também o envolvimento da sociedade civil, local e regional (associações culturais, grupos de teatro, comunidade escolar, etc.), no desenvolvimento estratégico deste equipamento cultural, faz obviamente parte dos objetivos deste projeto, objetivos que a serem cumpridos, poderão transformar o Centro de Artes Nadir Afonso num centro cultural de interesse em toda a região do interior norte.

O financiamento deste projeto foi realizado através da candidatura “Centro de Artes Nadir Afonso – Projeto Estratégico de Gestão e Valorização Cultural”, apresentada ao Programa ON.2, Eixo Prioritário V – Governação e Capacitação Institucional, PCI/1/2011 – Bolsa de Mérito, com um investimento total elegível de 91.204,50 €, através do qual foi assegurado um financiamento FEDER no valor global de 77.523,83 €, com uma taxa de comparticipação de 85%.

Tags

Rampa de Boticas   Senhor do Monte   FAO   Exposições   DHI   Canil Municipal   CEDIEC   Feira do Livro   Água   FestInvale   Comissão Municipal de Proteção do Idoso   Festival do Folclore   Orçamento Participativo   Gond-Pontouvre   Festa Castreja   Educação   Dia do Idoso   Confraria   Feira Gastronómica Porco   GDB  

Últimas

Ação de reflorestação do Concelho de Boticas

Ação de reflorestação do Concelho de Boticas

Almoço de São Martinho dos funcionários da Câmara Municipal

Almoço de São Martinho dos funcionários da Câmara Municipal

CIMAT promove “I Aqua Fórum do Alto Tâmega”

CIMAT promove “I Aqua Fórum do Alto Tâmega”

Grupo de Teatro Fórum Boticas distinguido em Alijó

Grupo de Teatro Fórum Boticas distinguido em Alijó

Modernização do Agrupamento de Escolas Gomes Monteiro

Modernização do Agrupamento de Escolas Gomes Monteiro

Boticas é “Autarquia + Familiarmente Responsável” pelo quinto ano consecutivo

Boticas é “Autarquia + Familiarmente Responsável” pelo quinto ano consecutivo

Orçamento e Plano de Atividades para 2019 aprovado em reunião de Câmara

Orçamento e Plano de Atividades para 2019 aprovado em reunião de Câmara

Autarquia condecorou funcionários por bons serviços municipais

Autarquia condecorou funcionários por bons serviços municipais