VI Encontro do "Dia do Homem" da Granja ultrapassa os 100 participantes
BOTICAS, 2010-04-27 10:39:38


Como já é quase planetariamente sabido, e desde há seis anos a esta parte, o encontro é sempre no bonito, reconfortante e inspirador Santuário do Senhor do Monte.

O dia é sempre, no último sábado do mês de Abril, este ano um espectacular sábado de sol, que fez inveja a muitos dias de Agosto, vésperas da comemoração do 36º. Aniversário do 25 de Abril de 1974.

Assim, “todos” os homens da Granja, naturais e residentes, juntam-se para celebrar uma comemoração muito especial.

“A Festa do Dia do Homem da Granja”, assim designada desde a primeira hora.

Este evento, chama-se do homem, mas é o verdadeiro dia de descanso para as mulheres da freguesia, que nesse dia não precisam de se preocupar com eles, pelo menos até à hora da deita.

Nesta sexta edição o número de participantes alcançou a bonita soma de 108.

De facto, e chegados à sexta edição, ultrapassou-se a centena de participantes, o que reflecte bem o sucesso desta agradável iniciativa.

No primeiro ano, em 2005, juntaram-se 51, no segundo ano, em 2006, 63, no terceiro ano em 2007, 87, no quarto ano, em 2008, 96, no ano passado, em 2009, atingiu-se o bonito número de 99.

Na notícia do ano passado, referimos aqui que: “O grupo vai crescendo e quem sabe se para o próximo ano, não se ultrapassa a barreira da centena, este ano esteve quase para acontecer”.

De facto aconteceu e está provado que o acontecimento tem pernas para andar, pois destes 108, felizmente, muitos deles são jovens que, motivados pelo espírito salutar deste convívio, prometeram não mais deixar de o realizar no futuro.

E assim vai aumentando, anos após ano, o número de comparsas, todos eles grandes amantes da natureza, daí também a escolha do próprio sítio: o Senhor do Monte, nos limites da freguesia, ás portas de Valdegas e de Pinho, freguesia limítrofe.

Pois bem, é nesse local elevado e divino, de ares puros e de verde vegetação e refrescantes sombras que estes adeptos da verdadeira gastronomia barrosã se juntam religiosa e gastronomicamente todos os anos.

Durante o dia faz-se um pouco de tudo: uns jogam às cartas, outros põem a conversa em dia, uns andam de mota, outros de bicicleta, uns ajudam os cozinheiros, outros nem por isso, o que é certo é que todos se divertem e o dia passa a correr.

Este ano de 2010 serviu, para além da promoção da boa disposição e da alegria, para fazer desaparecer 90 Litros de cerveja, cerca de 5 litros de “tintol” por cabeça, pois cada um fez questão de se munir com a sua própria “máquina fotográfica”, mais de 50 kg de Vitela Barrosã, deglutidos entre o pequeno almoço e o jantar, 10 kg de pimentos, 30 kg de Carne de Cordeiro para fazer a Caldeirada do dito e cerca de 20 kg de Frango de Churrasco para os mais jovens mancebos.

Isto sem falar no delicioso pão, cozido pelas sábias mãos da senhora Anita Gomes, nas saborosas batatas do Sousa, mais conhecido pelo engenheiro da Granja, embora ele seja do Minho, e tudo isto atenciosamente preparado e cozinhado com os respectivos condimentos, pela competente equipa de cozinheiros, que uma forma voluntária, sempre se disponibilizam para o ser.

Todos estes voluntários se revelaram grandes amantes da música e por isso não faltaram as concertinas, as pandeiretas, as tábuas, os ferrinhos, os reco-reco e alguns bombos, pelos vistos já nem todos tocavam afinados, no final do dia.

Como falamos de verdadeiros amantes da palavra de honra à moda antiga, todos juraram repetir a façanha para o ano de 2011, dando descanso às senhoras da Freguesia e comemorando mais uma vez com três óptimas refeições e, de preferência, com muita bebida e animação.

Curiosidades:

Como vem acontecendo nos últimos anos, neste agradável, convívio, era mais fácil encontrar as fichas de análise feitas ao “tintol” dos presentes, onde vinha descriminado o teor alcoólico e a sua percentagem de acidez, do que, por ventura, alguns documentos pessoais dos mesmos.

Agradecimentos:

Todos os convivas agradecem ao António Pedro Fernandes, o Pedro Marialva, como é carinhosamente conhecido, pelo champanhe que a todos quis ofertar, em homenagem ao nascimento recente da sua pequena filha.

Tags

GDB   IMI   Inaugurações   Conselho Municipal de Educação   Natal do Idoso   Carnaval   Dia do Homem   Freestyle   CEDIEC   Festa de Boticas   Feira Gastronómica Porco   Cultura Popular   Ambiente   Presidente   Património Agrícola Mundial   Obras   Vespa Velutina   Festa Castreja   COVID-19   Comissão Municipal de Defesa da Floresta  

Últimas

Queimas e queimadas proibidas durante o período crítico

Queimas e queimadas proibidas durante o período crítico

Câmara de Boticas vai passar a entregar o Correio em algumas aldeias do Concelho

Câmara de Boticas vai passar a entregar o Correio em algumas aldeias do Concelho

ARS Norte preocupada com a mobilidade na época do verão e preparação do inverno

ARS Norte preocupada com a mobilidade na época do verão e preparação do inverno

Programa de Dinamização da Restauração e do Comércio Local “Viver Boticas”

Programa de Dinamização da Restauração e do Comércio Local “Viver Boticas”

Atividades de Ocupação de Tempos Livres não se realizam este verão

Atividades de Ocupação de Tempos Livres não se realizam este verão

Piscinas Municipais Descobertas não abrem no verão

Piscinas Municipais Descobertas não abrem no verão

EDP entregou máscaras à Câmara para oferecer à Misericórdia de Boticas

EDP entregou máscaras à Câmara para oferecer à Misericórdia de Boticas

RI 19 apoia Município de Boticas na vigilância da Floresta

RI 19 apoia Município de Boticas na vigilância da Floresta