Sub-comissão Distrital de Proteção Civil procura aliviar pressão sobre os serviços de saúde
BOTICAS, 2021-02-01 11:21:46

Sub-comissão Distrital de Proteção Civil procura aliviar pressão sobre os serviços de saúde Sub-comissão Distrital de Proteção Civil procura aliviar pressão sobre os serviços de saúde

A Sub-comissão Distrital de Proteção Civil, composta pelo Presidente da Comissão Distrital de Proteção Civil, Fernando Queiroga, pelo primeiro e segundo CODIS, Álvaro Ribeiro e Manuel Machado, respectivamente, pelo Diretor do ACES Douro Norte, Enfº Gabriel, pela Diretora da Segurança Social de Vila Real, Carla Alves, e pelo representante do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, Engº Minhava, reuniu na passada quinta-feira, dia 28 de janeiro, tendo como principal objetivo a definição dos critérios da EAR (Estrutura de Apoio de Retaguarda) Distrital para responder às solicitações do Centro Hospitalar, procurando libertar camas de cuidados intermédios.

Nesta reunião foi decidido que a EAR pode receber doentes de diferentes patologias, não covid, sempre com a perspetiva de aliviar a pressão dos internamentos no Centro Hospitalar para que este não entre em rutura. Atualmente, o aumento de 46 camas adicionais permitiu aumentar as vagas em enfermagem e em Cuidados Intensivos, encontrando-se a taxa de ocupação do centro hospitalar em cerca de 85%.

Recorde-se que a EAR Distrital está localizada nas instalações da Pousada da Juventude de Alijó e conta com uma equipa de enfermagem constituída por 6 enfermeiros do ACES Douro Norte, cabendo à Segurança Social de Vila Real a disponibilização do pessoal auxiliar e à Proteção Civil Distrital as despesas inerentes ao funcionamento da estrutura.

Nesta reunião foi ainda feito um ponto da situação relativamente à vacinação contra a covid-19, sendo informado que está em curso a administração da segunda toma aos profissionais de saúde, arrancando no decorrer desta semana a administração da primeira toma a maiores de 80 anos na área do ACES Douro Norte.

A resposta que o Centro Hospitalar tem dado à pandemia tem sido positiva, havendo contudo a registar o desgaste e cansaço acumulado dos profissionais de saúde (a que se junta um número elevado de profissionais em isolamento), o que condiciona a prestação de cuidados de saúde. Os próximos dias serão determinantes no controlo da pandemia, pelo que são pedidos os máximos cuidados à população e a adoção de comportamentos seguros, sendo o isolamento social o mais determinante para poder ser achatada a curva exponencial de casos positivos registados no decorrer da última semana.

Tags

Fernando Queiroga   Barragens Alto Tâmega   Natal   PAVT   Natalidade   Casas do Conhecimento   Semana da Leitura   Autarquia   Carnaval   Educação   COVID-19   Museu Rural   Nadir Afonso   CPCJ   Desporto   Protecção Civil   +Boticas   Educação Rodoviária   Parque de Campismo   Município de Boticas  

Últimas

Nova gerente da CGD de Boticas recebida pelo Presidente da Câmara

Nova gerente da CGD de Boticas recebida pelo Presidente da Câmara

Quinta pedagógica do Boticas Parque tem novo habitante

Quinta pedagógica do Boticas Parque tem novo habitante

Gabinete de Atendimento ao Munícipe realizou 200 mil atendimentos em mais de uma década

Gabinete de Atendimento ao Munícipe realizou 200 mil atendimentos em mais de uma década

Posto Aquícola do BNB | Reabertura da venda de trutas ao público

Posto Aquícola do BNB | Reabertura da venda de trutas ao público

Prolongamento dos prazos do Concurso Escolar “Uma Viagem por Terras de Nadir...”

Prolongamento dos prazos do Concurso Escolar “Uma Viagem por Terras de Nadir...”

3º WEBINAR | Ações de Capacitação Políticas Públicas Florestais

3º WEBINAR | Ações de Capacitação Políticas Públicas Florestais

Presidente da Câmara representou ANMP em reunião do IEFP

Presidente da Câmara representou ANMP em reunião do IEFP

ARS Norte confiante com evolução favorável da pandemia

ARS Norte confiante com evolução favorável da pandemia