CMB Site Manager Município de Boticas - A Sedução da Montanha http://www.cm-boticas.pt/ Feed Notícias do Município de Boticas pt-pt CMB Site Manager webmaster@cm-boticas.pt (Webmaster) Copyright © CM-Boticas - 2010 Município de Boticas - A Sedução da Montanha http://www.cm-boticas.pt/ http://www.cm-boticas.pt/feed/PlacaCamara.jpg Milhares de pessoas assistiram ao cortejo de Carnaval http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=J2 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=J2 Milhares de pessoas assistiram ao cortejo de Carnaval]]>Realizou-se este domingo, dia 26 de fevereiro, o tradicional desfile de Carnaval organizado pela Junta de Freguesia de Boticas e Granja com o apoio da Câmara Municipal. Foi com o S. Pedro a dar uma ajudinha à festa e com uma assistência de se perder a vista que mais de mil foliões, acompanhados por carros alegóricos desfilaram pelas principais ruas da vila botiquense. O corso contou com a presença das freguesias do concelho, que se prepararam a rigor para participarem naquele que é um dos maiores desfiles de Carnaval realizados na região. Os trajes coloridos e as coreografias previamente ensaiadas animaram todos aqueles que se deslocaram até Boticas para assistir ao cortejo. Para o dia de amanhã, terça-feira de Entrudo, está prevista a realização de mais um desfile não só no centro da vila mas também em muitas localidades do concelho barrosão. Carnaval das Escolas de Boticas http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=H2 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=H2 Carnaval das Escolas de Boticas]]>Foi em ambiente de folia que esta sexta-feira, dia 24 de fevereiro, se realizou o Carnaval das escolas do concelho de Boticas. O cortejo carnavalesco teve início junto ao Agrupamento Escolar e contou com a participação das crianças e jovens da Escola Gomes Monteiro, dos Jardins-de-Infância de Boticas, Beça e da Santa Casa da Misericórdia e dos utentes do CADAT. Os pequenos grandes foliões percorreram as principais artérias da vila barrosã sempre em ambiente de festa, acompanhados pelo Grupo de Bombos de Boticas. Os participantes deram asas à imaginação e, com a ajuda dos professores e educadores, criaram o seu disfarce de acordo com os vários temas escolhidos para o desfile de Carnaval. Houve, por exemplo, mini-chefs, polícias, varredores, mergulhadores e até os Campeões Europeus de Futebol fizeram questão de participar no cortejo. Nos próximos dias 26 e 28 de fevereiro, domingo e terça-feira, respetivamente, será a vez dos graúdos percorrerem as ruas da vila, trajados a rigor e acompanhados pelos respetivos carros alegóricos. Gabinete Itinerante de Atendimento ao Munícipe realizou cerca de 19 mil serviços em 2016 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=G2 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=G2 Gabinete Itinerante de Atendimento ao Munícipe realizou cerca de 19 mil serviços em 2016]]>A Câmara Municipal de Boticas implementou em 2003 o Gabinete de Atendimento ao Munícipe (GAM) e desde então que este serviço se tornou um importante apoio para muitos munícipes. O GAM tem como missão dar resposta e o devido acompanhamento a todos os pedidos solicitados pelos munícipes. O serviço à população é prestado através de duas unidades móveis que, semanalmente, percorrem o Concelho de Boticas. Desta forma, os munícipes não têm necessidade de se deslocar à vila para resolver ou tratar de assuntos relacionados com a autarquia e outras instituições sediadas na sede do município. No ano de 2016 foram prestados cerca de 19000 atendimentos relacionados com serviços da autarquia, Segurança Social, Finanças, EDP, CTT, Serviços de Saúde, nomeadamente marcação de consultas e pedido de medicação, entre outros assuntos. Em termos comparativos, de 2008 para 2016, o número de atendimentos duplicou. Em 2008 foram realizados 8417 serviços sendo que em 2016 o número de atendimentos foi de 18347. Assim, constata-se que, no decorrer destes oitos anos, o número de serviços solicitados pelos habitantes locais têm vindo sempre a aumentar. O Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, demonstrou satisfação pela forma como o GAM veio melhorar a qualidade de vida dos munícipes. “O aumento progressivo do número de atendimentos por parte do GAM é a prova de que implementamos um importante apoio para muitos munícipes, principalmente os idosos com mobilidade reduzida. Este apoio aos munícipes demonstra que a autarquia se preocupa com o bem-estar geral das populações do concelho", realçou o autarca. O GAM presta, simultaneamente, apoio aos emigrantes através do aconselhamento e tratamento de pedidos relacionados com a legalização de veículos, equivalências de habilitações literárias ou a contabilização do tempo militar para efeitos de reforma. Céltica – Festa Castreja 2017 já está em preparação http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=F2 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=F2 Céltica – Festa Castreja 2017 já está em preparação]]>Decorreu esta quinta-feira, dia 16 de fevereiro, no Auditório Municipal, o primeiro encontro preparativo da 2.ª edição da Céltica – Festa Castreja, que se realiza no dias 10 e 11 de junho, em Boticas. O Castro ou Castelo dos Mouros, em Carvalhelhos, voltará a ser local de visita obrigatória para todos aqueles que pretendam recuar à época castreja e conhecer um pouco mais da história e vivência dos nossos antepassados através de recriações históricas, animação, gastronomia, música e oficinas de artes antigas. Um dos grandes objetivos da realização da iniciativa, organizada pelo Câmara Municipal, passa por divulgar o vasto e importante património celta e a cultura castreja existentes um pouco por todo o Concelho. À semelhança da edição anterior, o evento contará com o envolvimento e participação não só da comunidade local mas também das várias associações do concelho. O Presidente da Câmara, Fernando Queiroga, pretende que a 2.º edição da Festa Castreja seja um evento memorável. “Espero que a 2.ª edição da Céltica seja um sucesso e para que isso aconteça é fundamental que a comunidade local e as associações participem no evento. Tenho a certeza que só assim conseguiremos mostrar e divulgar o que de melhor temos e, simultaneamente, atrair mais visitantes ao nosso concelho.”, afirmou o autarca. O passo seguinte passa por reunir individualmente com as coletividades, comerciantes e munícipes interessados em participar na iniciativa, de forma a encontrar temas e indumentárias o mais fidedignas possíveis à temática castreja. Matança Tradicional do Porco em Nogueira http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=E2 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=E2 Matança Tradicional do Porco em Nogueira]]>Como tem vindo a ser habitual nos últimos anos realizou-se passado domingo, dia 12 de fevereiro, no Largo do Souto, em Nogueira, a matança tradicional do porco. A matança porco decorreu na parte da manhã e reuniu dezenas de pessoas que demonstraram que afinal as tradições ainda continuam bem presentes no quotidiano dos botiquenses. Durante a tarde realizou-se um lanche convívio, onde não faltou a tradicional feijoada, os rojões e as fêveras de porco acompanhadas de pão e bom vinho. O Presidente da Câmara, Fernando Queiroga, e os restantes elementos do executivo municipal fizeram questão de marcar presença na iniciativa organizada em conjunto pela Associação Recreativa e Cultural de Bobadela, Associação Recreativa e Cultural do Largo do Souto – Nogueira, Associação Recreativa e Cultural de Ardãos e Associação Cultural Desportiva e Recreativa da Serra do Leiranco – Sapiãos e que contou com o apoio da autarquia, do Ecomuseu do Barroso, do Parque Arqueológico do Vale do Terva (PAVT) e da Loja Interativa de Turismo de Boticas. Segundo Fernando Queiroga, “a valorização do património cultural existente no concelho é um elemento importante para que as tradições se mantenham vivas”. “É importante que os saberes dos nossos antepassados perdurem no tempo. São uma das nossas maiores riquezas, por isso é importante que não caiam em esquecimento e isso só se torna possível graças à união de todos, neste caso das associações recreativas e culturais, que se associam em prol da preservação e dinamização do concelho.”, disse o autarca.  Boticas subiu 67 lugares no Índice de Transparência Municipal http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=D2 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=D2 Boticas subiu 67 lugares no Índice de Transparência Municipal]]>Boticas ocupa a 31.ª posição entre os 308 municípios portugueses, no Ranking do Índice de Transparência Municipal (IMT) realizado pela Associação Cívica – Transparência e Integridade. O Município Barrosão conseguiu alcançar uma classificação positiva de 81.59 pontos de um total de 100. Comparativamente a 2015, Boticas é um dos municípios que mais subiu, 67 lugares, conseguindo ultrapassar concelhos de grande dimensão como Lisboa, Porto e Coimbra. O Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, demonstrou a sua satisfação pela subida acentuada de Boticas no ranking relativo a 2016. “É com muito prazer que vejo o Município de Boticas subir tantas posições neste ranking. Esta é a prova de que disponibilizamos mais e melhor informação aos nossos munícipes.”, disse o autarca. Este ranking mede o grau de transparência das Câmaras Municipais através da  análise, por categorias e indicadores, da informação apresentada por cada autarquia no seu website oficial. Grupo Amizade cantou as janeiras ao executivo municipal http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=C2 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=C2 Grupo Amizade cantou as janeiras ao executivo municipal]]>O Grupo Amizade de Chaves deslocou-se, no passado dia 27 de janeiro, à Câmara Municipal de Boticas para presentear o executivo municipal com a tradição dos cantares dos Reis/Janeiras. O grupo, que se reuniu no Átrio dos Paços do Concelho para entoarem músicas tradicionais, foi recebido pelo Presidente da Câmara, Fernando Queiroga, pelo Vice-Presidente, Guilherme Pires, e pela Vereadora Maria do Céu Fernandes. Presidente da República recebeu Presidentes de Câmaras Municipais de todo o País http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=B2 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=B2 Presidente da República recebeu Presidentes de Câmaras Municipais de todo o País]]>O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recebeu na passada sexta-feira, dia 3 de fevereiro, no Palácio de Belém, mais de três centenas de Presidentes de Câmaras Municipais do país, numa iniciativa promovida pela Presidência da República que pretendeu ser uma homenagem e um gesto de reconhecimento pelo trabalho dos autarcas em prol das populações e do muito que têm contribuído para o desenvolvimento do país. Marcelo Rebelo de Sousa referiu-se mesmo às autarquias como “o fusível de segurança da Democracia”, elogiando o trabalho do Poder Local no discurso que antecedeu um concerto do fadista Carlos do Carmo. O Presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga, marcou presença nesta receção, acompanhado de outros colegas dos Municípios do Alto Tâmega, e sublinhou “a forma carinhosa como o Presidente da República fez questão de receber e cumprimentar todos os autarcas, agradecendo-lhes pelo contributo que têm dado ao país ao longo destes mais de 40 anos do Poder Local Democrático”.  Conselho Geral da ANMP analisou proposta de transferência de competências apresentada pelo Governo http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=A2 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=A2 Conselho Geral da ANMP analisou proposta de transferência de competências apresentada pelo Governo]]>O Conselho Geral da Associação Nacional de Município (ANMP), o órgão máximo entre congressos, reuniu na passada sexta-feira, dia 3 de fevereiro, em Lisboa, tendo como principal ponto da ordem de trabalhos a discussão da temática da descentralização de competências da administração central para as autarquias, que deve, segundo o órgão, ser concluída, no máximo, até ao final da legislatura e não, como pretende o Executivo, até 2021. O Presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga, esteve presente nesta reunião do Conselho Geral da ANMP, órgão que integra, sublinhando que “ficou claro que os autarcas querem mais esclarecimentos por parte do Governo acerca da proposta apresentada, sobretudo em matérias como autonomia, meios humanos e recursos financeiros”. Fernando Queiroga refere que “a transferência de competências é positiva e será fundamental para uma maior dinamização dos territórios e para ajustar as políticas às necessidades reais de cada região e de cada concelho, tirando partido da maior proximidade do poder local com as populações”. Contudo, o autarca botiquense salvaguarda que “este processo não pode ser conduzido de uma forma leviana e assente num documento difuso e que carece de respostas a questões essenciais. É necessário que seja produzido um documento onde estejam especificadas as condições em que essas competências serão transferidas para os Municípios. A atual proposta não é suficientemente clara e há um conjunto de mudanças que será necessário operar para que tal seja possível, começando, desde logo, pela revisão da lei das finanças locais, mas também da lei-quadro das autarquias e das suas estruturas orgânicas, que têm que se preparar e capacitar para as novas competências”, referiu.  Concelho de Boticas reflorestado com mais de três mil árvores http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=92 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=92 Concelho de Boticas reflorestado com mais de três mil árvores]]>O Município de Boticas irá receber 3410 árvores de espécies autóctones, no âmbito de uma candidatura ao Programa “Floresta Comum”, iniciativa promovida pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), Quercus, Governo de Portugal, Associação Nacional dos Municípios Portugueses e Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD). A candidatura ao programa surgiu da necessidade de minimizar os prejuízos causados pelos incêndios florestais que afetaram o concelho barrosão no último verão. O Gabinete Técnico Florestal da Câmara Municipal elaborou 16 candidaturas sendo que 15 são de projetos florestais apresentados por Juntas de Freguesia e por Conselhos Diretivos de Baldios. A outra candidatura diz respeito a um projeto educativo apresentado pela Câmara Municipal em colaboração com o Agrupamento de Escolas Gomes Monteiro. Ao todo foram atribuídas 3410 plantas de várias espécies autóctones como bidoeiro, carvalho negral, nogueira preta, carvalho alvarinho, agreira, teixo, giestó e amieiro, sendo que 1600 são provenientes do viveiro do ICNF de Amarante e 1810 do viveiro da Malcata. O Programa tem como missão promover a produção, angariação e distribuição de árvores autóctones, a projetos que demonstrem motivação, comprovem competências e possuam os meios necessários para proceder à plantação e cuidado das florestas. O objetivo é fomentar e incentivar a criação de uma floresta com altos índices de biodiversidade e de produção de serviços ecológicos.  Este programa visa envolver a comunidade em geral, potenciar a criação de estruturas e redes locais de recuperação da floresta autóctone portuguesa e cujos benefícios se expandam não só às atuais mas também às gerações futuras. A processo de plantação das árvores decorrerá em colaboração com a Associação Ambiental e Cultural Celtiberus.  Município de Boticas adere ao programa da UNICEF “Cidades Amigas das Crianças” http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=82 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=82 Município de Boticas adere ao programa da UNICEF “Cidades Amigas das Crianças”]]>O Comité Português para a UNICEF aprovou a adesão do Município de Boticas ao Programa “Cidades Amigas das Crianças”, uma iniciativa que tem como objetivo contribuir para a aplicação dos direitos das crianças nas decisões, políticas e programas de âmbito municipal. A finalidade deste projeto passa pela melhoria da qualidade de vida das crianças e jovens, colocando-os em primeiro lugar tanto na atualidade como futuro, quer em contexto rural ou urbano. Esta iniciativa, lançada em 1996, tem como propósito contribuir para a aplicação dos direitos das crianças no contexto mais próximo da sua vida quotidiana – o município, como consta no documento oficial do Comité Português para a UNICEF. Neste sentido, o Município de Boticas terá como missão proporcionar oportunidades de envolvimento cívico às crianças e jovens do concelho e adotar um política que potencie a articulação entre todos os setores municipais, nomeadamente a educação, habitação, lazer e tempos livres, bem como, o estabelecimento de parcerias com entidades e instituições locais que trabalhem com e para crianças. O projeto “Cidades Amigas das Crianças” será implementado através de um Plano de Ação Local.  Concerto de Reis da Banda Musical do Couto de Dornelas http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=72 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=72 Concerto de Reis da Banda Musical do Couto de Dornelas]]>O Pavilhão Multiusos de Boticas recebeu este domingo, dia 22 de janeiro, o concerto de Reis da Banda Musical do Couto de Dornelas. Foi sob a direção do maestro Isac Rego que subiram ao palco o Grupo de Metais, a Orquestrinha, o Septeto A (la) Carte, o Coro e a Banda Filarmónica do Couto de Dornelas, para interpretaram temas como “El gato-montês by Manuel Penella”, “Classicals Medley by Varius”, “Peer Gynt by Edward Grieg”, “Piratas das Caraíbas by Klaus Bandlet”, “Gabriels Oboé by Ennio Morricone” e “Just Closer a Walk by Tradicional”, ambas com arranjos de Vítor Alves, “O menino está dormindo”, “Linda noite”, “Blim Blim Blim”, “Hispânico by Nuno Osório”, “Persis Overture by James L. Hosts”, “Piratas das Caraíbas by Klaus Bandlet”, “Santana Portait”, com arranjo de Giancarlo Gazzini” e “Canções da tradição by Luís Cardoso”. No final, para além da homenagem a várias personalidades ligadas à banda musical, foram apresentadas três novas orquestrações, a “Marcha de Couto de Dornelas”, o “Cinquentenário da Banda do Couto de Dornelas” e o “Tributo ao Couto de Dornelas”, músicas da autoria do maestro Valdemar Sequeira. Este concerto serviu para mostrar a cultura musical existente no concelho e o trabalho desenvolvido, ao longo do ano, pela Banda Musical do Couto de Dornelas, a começar pela aposta na formação musical das crianças e jovens, mas também para proporcionar momentos culturais e de lazer às gentes locais. Festa em Honra de São Sebastião em Alturas do Barroso http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=62 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=62 Festa em Honra de São Sebastião em Alturas do Barroso]]>Ano após ano realiza-se no dia 20 de janeiro, em Alturas do Barroso, uma festa seguida de almoço comunitário, em honra de S. Sebastião, santo protetor da guerra, da fome e da peste. Depois da celebração da santa missa decorreu no salão de convívio da junta de freguesia o almoço convívio aberto a toda a comunidade e aos milhares de fiéis que se deslocaram até à aldeia para participar na festividade. Para além do pão e do vinho foi também servida a tradicional feijoada. Todos os anos a tradição é cumprida com o esforço e dedicação dos habitantes da aldeia, que vão de porta em porta pedir a carne para a confeção da dita feijoada, feita com mais de 200 kg de arroz e 300 kg de feijão, acompanhados pelas carnes e enchidos oferecidos pelos habitantes locais. Todos os alimentos foram cozinhados em potes de ferro fundido, aquecidos pelo calor da lareira. O dia de festa prolongou-se durante o resto da tarde e noite com muita animação ao som da música tradicional popular e das concertinas. O Presidente da autarquia botiquense, Fernando Queiroga, e o Vice-Presidente, Guilherme Pires, marcaram presença na festividade em honra do santo. Festa em Honra de São Sebastião em Vila Grande http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=52 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=52 Festa em Honra de São Sebastião em Vila Grande]]>Tal como manda a tradição, realizou-se na passada sexta-feira, dia 20 de janeiro, em Vila Grande (Dornelas) a festividade em honra de S. Sebastião, o santo protetor da guerra, da fome e da peste. Reza a lenda que os habitantes da aldeia prometeram a S. Sebastião, em troca da sua proteção divina, oferecer comida a todos aqueles que, no dia 20 do primeiro mês do ano, passassem pela aldeia. Assim, e à semelhança dos anos anteriores, realizou-se a celebração eucarística em honra do santo, à qual se seguiu a tradicional procissão que culminou com o almoço aberto a toda a comunidade e a todos aqueles que neste dia se deslocaram até Vila Grande O pão, a carne e o vinho foram alguns alimentos colocados nas mesas improvisadas e distribuídas pelas ruas da aldeia e que satisfizeram os devotos do santo. O Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, assim como o Vice-Presidente, Guilherme Pires, fizeram questão de estar presentes em Vila Grande para acompanhar a festa em honra de S. Sebastião Caminhada pela Paz http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=42 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=42 Caminhada pela Paz]]>Realizou-se na passada terça-feira, dia 17 de janeiro, uma Caminhada pela Paz organizada pelo Agrupamento de Escolas Gomes Monteiro e que contou com o apoio da Câmara Municipal. O Vice-Presidente da autarquia, Guilherme Pires e a Vereadora Maria do Céu Fernandes marcaram presença na iniciativa. Com partida da entrada principal do Agrupamento Escolar alunos, professores, pais e encarregados de educação desfilaram em cortejo até à Praça do Município, vestidos de branco, com faixas e cartazes com mensagens alusivas ao tema. Já na praça, entoaram-se mensagens de Paz e realizou-se uma largada de balões. A iniciativa, que decorreu no âmbito da celebração do Dia Mundial da Paz, que se assinala anualmente no dia 1 de janeiro, teve como objetivo principal sensibilizar os participantes para a importância da paz na sociedade atual. Num mundo cada vez mais afetado pelo flagelo da guerra e dos conflitos interculturais e religiosos, esta caminhada serviu para demonstrar que a Paz deverá ser um dos valores mais importantes de toda a Humanidade. Orçamento Participativo Jovem http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=32 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=32 Orçamento Participativo Jovem]]>O Município de Boticas apresentou mais um apoio à população juvenil do concelho através do Orçamento Participativo Jovem. O anúncio foi feito pelo Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, na Sessão Escolar do Parlamento Jovem que decorreu na passada segunda-feira, dia 16 de janeiro, no Auditório Municipal e que contou com a presença do deputado da Assembleia da República, José Carlos Barros, natural de Boticas e eleito pelo Partido Social Democrata no distrito de Faro. Assim, os alunos que integrem o Parlamento Jovem do Agrupamento de Escolas Gomes Monteiro terão à sua disposição uma verba de dois mil euros para utilizar na beneficiação da escola. Os jovens deputados terão de apresentar, nos próximos 15 dias, no máximo três propostas até ao valor de investimento definido pela Câmara Municipal. Depois de analisadas, o executivo municipal procederá à aprovação e apresentação pública da melhor proposta e que cumpra todos os requisitos exigidos. A implementação do Orçamento Participativo Jovem tem como missão a potencialização dos valores democráticos nos jovens, incentivando-os para uma participação ativa na gestão pública local através de uma maior interação entre os jovens alunos e a autarquia. “Parlamento Jovem” em Boticas http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=22 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=22 “Parlamento Jovem” em Boticas]]>O Auditório Municipal de Boticas recebeu esta segunda-feira, dia 16 de janeiro, uma sessão escolar realizada no âmbito da iniciativa “Parlamento dos Jovens” desenvolvida pela Assembleia da República e destinada aos alunos do ensino básico e secundário. Pelo quarto ano consecutivo, os alunos do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas Gomes Monteiro participaram na sessão que contou com a presença de um Deputado da Assembleia da República, natural de Boticas. José Carlos Barros foi eleito deputado pelo Partido Social Democrata no distrito de Faro. Foi sob o tema “Os Jovens e a Constituição: Tens uma Palavra a Dizer” que as crianças e jovens do Ensino Básico da Escola Gomes Monteiro apresentaram e discutiram várias ideias. O Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, esteve presente na iniciativa assim como a Vereadora Maria do Céu Fernandes. Fernando Queiroga demonstrou a sua satisfação por ver tantos jovens botiquenses envolvidos neste projeto, desejando que a participação dos alunos no parlamento seja “o ponto de partida para que muitos deles sigam uma carreira ligada à política”. O autarca anunciou ainda que, no seguimento desta ação escolar e à semelhança do ano anterior, a autarquia botiquense irá disponibilizar uma verba para que os deputados do parlamento local a possam gerir e aplicar mediante as propostas e ideias dos restantes alunos da escola. Por sua vez, o deputado José Carlos Barros destacou a participação ativa de todos os alunos na iniciativa parlamentar. “É gratificante ver tantos jovens da minha terra natal envolvidos no Parlamento Jovem. Espero que este seja o início de uma carreira política para muitos de vocês”, disse o deputado. José Carlos Barros aproveitou a oportunidade para dar a conhecer aos alunos a constituição e o funcionamento da Assembleia da República. No final o deputado respondeu às questões colocadas pelos jovens relativamente à sua função parlamentar. No decorrer da sessão realizou-se ainda a cerimónia de tomada de posse dos novos deputados que constituem o parlamento local e a eleição dos deputados que representarão o Ensino Básico do Agrupamento Escolar Gomes Monteiro na sessão distrital agendada para o dia 13 de março, em Vila Real. XIX Feira Gastronómica do Porco – Confraria Gastronómica da Carne Barrosã http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=12 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=12 XIX Feira Gastronómica do Porco – Confraria Gastronómica da Carne Barrosã]]>A Confraria da Carne Barrosã realizou no passado sábado, dia 14 de janeiro, o XVI Capítulo Geral no Santuário do seu padroeiro, o Senhor do Monte, localizado na freguesia de Pinho. O encontro, enquadrado no programa da XIX Feira Gastronómica do Porco, iniciou-se com a concentração dos confrades e confreiras representativos das diferentes Confrarias existentes no país, no átrio da Câmara Municipal de Boticas. O ponto alto do Capítulo Geral aconteceu já no Santuário do Senhor do Monte com a entronização de novos confrades. Os confrades assumiram, assim, perante todos os presentes o dever da missão através da entrega da Insígnia, do Pau de Lodo e da assinatura solene no Livro de Honra da Confraria. XIX Feira Gastronómica do Porco – Balanço http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=02 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=02 XIX Feira Gastronómica do Porco – Balanço]]>Terminada a 19.ª edição da Feira Gastronómica do Porco o balanço foi muito positivo. Passaram pela vila barrosã, ao longo de todo o fim de semana, milhares de visitantes oriundos de vários pontos do país e de Espanha.  O número de vendas superou o da edição anterior o que deixou satisfeito não só o Presidente da Câmara Municipal de Boticas, Fernando Queiroga, mas também todos os produtores de fumeiro e restantes participantes na 19.ª edição da feira. Fernando Queiroga demonstrou o seu agrado e satisfação pelo sucesso daquele que é o evento mais importante realizado no Município de Boticas. “Diria que de todas esta foi a melhor Feira Gastronómica do Porco. Tudo contribuiu para que esta edição fosse um enorme sucesso. Até o S. Pedro foi nosso amigo. No entanto, este sucesso deve-se ao nosso acreditar, à forma como a feira é organizada e, sobretudo, à qualidade dos nossos produtos. Eles são, sem dúvida, o fator primordial para o êxito deste certame”, destacou o autarca. O Presidente da Câmara enalteceu ainda o facto desta edição da Feira do Porco ter “superado as expetativas não só da organização e dos expositores como também dos restaurantes aderentes, que não tiveram mãos a medir para satisfazer tanta procura”. A Feira Gastronómica do Porco é um dos eventos mais importantes não só no concelho barrosão mas também na região, por ser a primeira das feiras do fumeiro a realizar-se no Alto Tâmega. “Temos responsabilidades acrescidas até porque a Feira Gastronómica do Porco de Boticas é a primeira a acontecer no Alto Tâmega e tenho a certeza que conseguimos cumprir com a nossa obrigação. O nosso sucesso é o sucesso de todos.”, enalteceu Fernando Queiroga. O autarca teve um feedback muito favorável da edição de 2017 da Feira Gastronómica do Porco. “Tanto os produtores como restantes participantes ficaram muito satisfeitos com as vendas que tiveram. No final da tarde de domingo, a maioria dos produtores de fumeiro já não tinham mais artigos para vender. Estou feliz com o êxito alcançado pelos nossos produtores, que tão bem representam o nosso concelho e a qualidade dos nossos produtos”, disse Fernando Queiroga. O Município de Boticas tem muito para oferecer e a Feira do Porco é apenas uma amostra do vasto património gastronómico e cultural existente no concelho barrosão. “Quem nos visita é bem recebido e fica com vontade de cá voltar. Visitar Boticas está na moda.”, concluiu o Presidente da Câmara. XIX Feira Gastronómica do Porco – Tasquinhas Tradicionais http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=z2 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=z2 XIX Feira Gastronómica do Porco – Tasquinhas Tradicionais]]>A par da muita animação, quem visitou Boticas durante os três dias do certame pôde apreciar e deliciar-se com iguarias gastronómicas tipicamente barrosãs, confecionadas à base de carne de porco e enchidos, presentes no interior do Pavilhão Multiusos. Cozido à Barrosã, Arroz de Chouriça e Assaduras de Porco foram alguns dos pratos servidos na feira gastronómica e que fizeram as delícias dos apreciadores de boa comida. A contar pela afluência que tiveram ao longo de todo o evento, as tasquinhas tradicionais demonstraram ser mais uma vez um sucesso.