CMB Site Manager Município de Boticas - A Sedução da Montanha http://www.cm-boticas.pt/ Feed Notícias do Município de Boticas pt-pt CMB Site Manager webmaster@cm-boticas.pt (Webmaster) Copyright © CM-Boticas - 2010 Município de Boticas - A Sedução da Montanha http://www.cm-boticas.pt/ http://www.cm-boticas.pt/feed/PlacaCamara.jpg Grupo Amizade cantou as janeiras ao executivo camarário http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=g7 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=g7 Grupo Amizade cantou as janeiras ao executivo camarário]]>O Grupo Amizade de Chaves deslocou-se esta sexta-feira, dia 19 de janeiro, à Câmara Municipal de Boticas para presentear o executivo municipal com a tradição dos cantares dos Reis/Janeiras. O grupo, que se reuniu no Átrio dos Paços do Concelho para cantar, foi recebido pelo Presidente da Câmara, Fernando Queiroga, pelo Vice-Presidente, Guilherme Pires, e pela Vereadora Maria do Céu Fernandes. Crianças cantaram os Reis/Janeiras na Câmara Municipal http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=f7 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=f7 Crianças cantaram os Reis/Janeiras na Câmara Municipal]]>Fazendo jus à tradição, as crianças dos Jardins de Infância de Boticas e Beça e os alunos do 1º Ciclo da Escola Gomes Monteiro, cantaram os reis ao executivo camarário. Os mais pequenos reuniram-se no Átrio da Câmara Municipal e em ambiente de alegria entoaram os tradicionais cânticos de reis/janeiras ao Presidente da Câmara, Fernando Queiroga, ao Vice-Presidente, Guilherme Pires, e à Vereadora Maria do Céu Fernandes, que retribuíram o gesto das crianças e professores com a entrega de doces. Dornelas e Alturas do Barroso preparam homenagem a São Sebastião http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=e7 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=e7 Dornelas e Alturas do Barroso preparam homenagem a São Sebastião]]>No próximo sábado, dia 20 de janeiro, cumpre-se aquela que é uma das mais antigas tradições existentes no Município de Boticas, as festividades em Honra de São Sebastião, santo protetor contra a guerra, a fome e a peste. Reza a lenda que os habitantes das aldeias de Vila Grande e Alturas do Barroso prometeram a São Sebastião, em troca da sua proteção divina, oferecer comida a todos aqueles que, no dia 20 do primeiro mês do ano, passassem pelas aldeias. Para fazer cumprir a tradição, que já se realiza há mais de 200 anos, as duas localidades já preparam aquela que é a romaria mais importante realizada no Concelho de Boticas. Em Vila Grande, freguesia de Dornelas, já se coze o pão para colocar sobre as mesas distribuídas pelas ruas da aldeia. A carne, cerca de 500 quilos, também já está pronta para na manhã de sábado ser confeccionada ao lume, em potes de ferro, à semelhança do arroz. Por sua vez, em Alturas do Barroso também já se prepara a homenagem ao santo mártir, com a oferta do pão, vinho e da tradicional feijoada às centenas de devotos de São Sebastião que nesse dia visitem a localidade. Para a confeção da feijoada são necessários, além das carnes e enchidos, mais de 200 quilos de arroz e 300 quilos de feijão. Os alimentos necessários para a preparação dos almoços comunitários são oferecidos pela população e/ou adquiridos com esmolas. Como é habitual, antes do almoço, realizam-se as celebrações eucarísticas de homenagem e agradecimento ao santo e a bênção dos alimentos. Árvore de interesse público alvo de intervenção http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=d7 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=d7 Árvore de interesse público alvo de intervenção]]>Após o pedido feito pelo Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, a uma equipa do Departamento de Ciências Florestais e Arquitetura Paisagística, da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), a árvore de interesse público “Espinheiro da Virgínia”, localizada junto à Ponte São Cristóvão, já está a ser alvo de intervenção. A ação, que tem maior incidência na copa e tronco, está a ser realizada mediante as caraterísticas e especificidades da árvore, de forma a melhorar não só o seu estado de conservação mas, sobretudo, garantir a segurança da população e de todos os utilizadores da via pública. Por esse motivo, o trânsito na Rua 5 de Outubro e na Rua Moinho do Cubo está condicionado, pelo que o Município pede a compreensão de todos os munícipes, em particular, dos utilizadores destas vias, pelo incómodo que este condicionamento possa vir a causar. Autarquia comparticipa custos de funcionamento do Tribunal de Boticas http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=c7 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=c7 Autarquia comparticipa custos de funcionamento do Tribunal de Boticas]]>O Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, e o Diretor-Geral da Administração da Justiça, Luís Borges Freitas, assinaram esta quarta-feira, dia 17 de janeiro, um protocolo de colaboração, através do qual o Município de Boticas se compromete a contribuir no pagamento de despesas correntes para funcionamento do Tribunal de Boticas (água e luz). Assim, a autarquia irá comparticipar até ao montante de 40 euros mensais, no que diz respeito ao consumo de água, e 300 euros mensais relativamente aos gastos de electricidade do edifício do tribunal local. A assinatura deste protocolo surge na sequência da reabertura do Tribunal de Boticas, em janeiro do ano passado, e dos compromissos assumidos então pela autarquia, que garantiu também o pagamento dos custos com as obras de recuperação do edifício para que aí pudessem funcionar os serviços do Tribunal. O Presidente da Câmara, Fernando Queiroga, sublinha que a autarquia “mostrou sempre a disponibilidade em comparticipar parte das despesas de funcionamento do Tribunal, por entender que os serviços aqui prestados representam uma mais-valia para a população do Concelho, que deixou de ter que se deslocar para Chaves ou Vila Real para poder ter acesso à Justiça. Sempre nos batemos pela reabertura do Tribunal de Boticas e assumimos desde a primeira hora a disponibilidade para fazermos parte das soluções que tornassem viável essa reabertura. Este protocolo vem agora regulamentar os compromissos que assumimos e que substanciam a nossa contribuição para a melhoria da qualidade das instalações e condições de funcionamento dos serviços judiciais no nosso concelho”. Sessão Escolar do “Parlamento dos Jovens” http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=b7 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=b7 Sessão Escolar do “Parlamento dos Jovens”]]>O Auditório Municipal de Boticas recebeu esta segunda-feira, dia 15 de janeiro, uma sessão escolar realizada no âmbito da iniciativa “Parlamento dos Jovens”, desenvolvida pela Assembleia da República e destinada aos alunos do ensino básico e secundário. Pelo quinto ano consecutivo, os alunos do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas Gomes Monteiro participaram na sessão que contou com a presença do Deputado da Assembleia da República Ascenso Simões, eleito pelo círculo eleitoral de Vila Real. Foi sob o tema “Igualdade de Género: Um Debate para Tod@s” que as crianças e jovens do Ensino Básico da Escola Gomes Monteiro apresentaram e discutiram várias ideias. O Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, esteve presente na iniciativa, assim como o Vice-Presidente, Guilherme Pires, e a Vereadora Maria do Céu Fernandes. Fernando Queiroga demonstrou a sua satisfação por ver tantos jovens envolvidos neste projeto, desejando que a participação dos alunos no parlamento jovem seja “o ponto de partida para que muitos sintam interesse e sigam uma carreira ligada à política”. O autarca anunciou ainda que, no seguimento desta ação escolar e à semelhança dos últimos anos, a autarquia irá disponibilizar uma verba para que os deputados do parlamento local a possam gerir e aplicar mediante as propostas e ideias dos restantes alunos da escola. Por sua vez, o deputado Ascenso Simões destacou a participação ativa dos alunos na iniciativa. “O Parlamento dos Jovens mais do que aproximar da política permite que cada um de vocês possa desenvolver capacidades de comunicar e transmitir aquilo que pensam sobre determinado assunto e, por esse motivo, é reconfortante ver o vosso empenhamento e dedicação neste projeto”, disse o deputado. No decorrer da sessão realizou-se, ainda, a cerimónia de tomada de posse dos novos deputados que constituem o parlamento local e a eleição dos deputados que representarão o Ensino Básico do Agrupamento Escolar Gomes Monteiro na sessão distrital agendada para o dia 12 de março, em Vila Real. XX Feira Gastronómica do Porco – Balanço http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=a7 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=a7 XX Feira Gastronómica do Porco – Balanço]]>Terminada a 20ª edição da Feira Gastronómica do Porco o balanço foi, mais uma vez, muito positivo. Passaram pela vila barrosã, ao longo de todo o fim de semana, milhares de visitantes vindos de vários pontos do norte do país e da vizinha Espanha. O número de vendas superou as expetativas quer da organização, quer dos produtores e expositores presentes no certame. Foram vendidas mais de 40 toneladas de fumeiro e enchidos, o que perfez um volume de negócios a rondar o meio de milhão de euros. A 20ª edição da Feira do Porco primou, novamente, pelo sucesso e pela excelente qualidade dos produtos vendidos. O Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, mostrou-se satisfeito pelo sucesso daquele que é um dos eventos mais importantes realizados na região. “Há vinte anos consecutivos que promovemos aquilo que de melhor há e se faz em Boticas e apesar das adversidades que fomos encontrando ao longo dos anos, nunca baixamos os braços e sempre trabalhamos para alcançar os nossos objetivos. Vinte anos depois, o resultado é bem visível”, afirmou o autarca. Fernando Queiroga acrescentou, ainda, que “independentemente da quantidade vendida nos três dias de feira, o mais importante foi, sem dúvida, a qualidade dos produtos”. A Feira Gastronómica do Porco para além de ser a primeira feira do fumeiro a realizar-se no Alto Tâmega é, também, um dos eventos gastronómicos mais importantes realizados na região. “Temos responsabilidades acrescidas na realização da Feira Gastronómica do Porco, principalmente porque esta é a primeira feira do fumeiro a realizar-se no Alto Tâmega,  mas tenho a certeza que o êxito da Feira do Porco de Boticas fará com que os visitantes sintam vontade de regressar a este território”, enalteceu Fernando Queiroga. O Município de Boticas tem muito para oferecer e a Feira Gastronómica do Porco é apenas uma amostra do vasto património gastronómico e cultural existente no concelho. “Atrevo-me a dizer que quem vem a Boticas fica com vontade de regressar para conhecer melhor tudo aquilo que temos para oferecer e isso deixa-me extremamente feliz”, concluiu o Presidente da Câmara. XX Feira Gastronómica do Porco – Tasquinhas Tradicionais http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=Z6 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=Z6 XX Feira Gastronómica do Porco – Tasquinhas Tradicionais]]>A par da muita animação, quem visitou Boticas durante os três dias da feira pôde apreciar e deliciar-se com iguarias tipicamente barrosãs, confecionadas à base de carne de porco e enchidos. O Cozido Barrosão, o Arroz de Chouriça e as Assaduras de Porco foram alguns dos pratos servidos pelas tasquinhas e que fizeram as delícias dos apreciadores da boa comida. Além destes pratos, a 20ª edição da Feira do Porco contou, ainda, com uma novidade, uma tasquinha com hamburgers de carne barrosã, iguaria que fez as delícias de miúdos mas também graúdos. Tendo em conta a afluência, as tasquinhas tradicionais foram, mais uma vez, motivo de satisfação para os visitantes.  XX Feira Gastronómica do Porco – Confraria Gastronómica da Carne Barrosã http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=Y6 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=Y6 XX Feira Gastronómica do Porco – Confraria Gastronómica da Carne Barrosã]]>A Confraria Gastronómica da Carne Barrosã realizou, no passado sábado, dia 13 de janeiro, mais um Capítulo Geral no Santuário do seu padroeiro, o Senhor do Monte, localizado na freguesia de Pinho. O encontro, inserido no programa da XX Feira Gastronómica do Porco, iniciou-se com a concentração dos confrades e confreiras representativos das diferentes Confrarias existentes no país, no átrio da Câmara Municipal de Boticas. O ponto alto do Capítulo Geral aconteceu já no Santuário do Senhor do Monte com a entronização de novos confrades, entre os quais o Secretário de Estado das Florestas e do desenvolvimento Rural, que na véspera havia presidido à cerimónia de abertura da XX Feira Gastronómica do Porco. Os confrades assumiram, assim, o dever da missão através da entrega da Insígnia, do Pau de Lodo e da assinatura solene no Livro de Honra.  XX Feira Gastronómica do Porco – Animação http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=X6 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=X6 XX Feira Gastronómica do Porco – Animação]]>O Pavilhão Multiusos de Boticas recebeu, no passado fim de semana, a XX Feira Gastronómica do Porco. Além dos mais de 70 expositores presente no recinto da feira, quem visitou Boticas pode disfrutar de muita animação, tanto dentro como fora do pavilhão. A Associação Recreativa, Desportiva e Cultural da Serra do Leiranco – Sapiãos, o grupo musical “Os Lordes”, o “Grupo Tradicional de Ventuzelos”, a “Banda da Malta”, “Os Amigos do Borguinha”, “Os Amigos da Sobreposta” e “Augusto Canário & Amigos” foram os responsáveis por animar mais uma edição da feira. No exterior do recinto, mais propriamente no “Chegódromo”, realizaram-se as tradicionais “Chegas de Bois”, um dos momentos mais aguardados e que traz até à vila barrosã milhares de aficionados. O centro da vila também foi palco de muita animação, com o Largo a Nossa Senhora da Livração a acolher, pelo sexto ano consecutivo, o programa da TVI, “Somos Portugal”. A transmissão em direto do programa de entretimento líder de audiências fez com que os emigrantes botiquenses, espalhados um pouco por todo mundo, amenizassem as saudades de casa através da televisão.  XX Feira Gastronómica do Porco – Abertura Oficial http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=W6 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=W6 XX Feira Gastronómica do Porco – Abertura Oficial]]>Realizou-se na passada sexta-feira, dia 12 de janeiro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a sessão solene de abertura da 20ª edição da Feira Gastronómica do Porco. Além das várias entidades políticas, civis, militares e religiosas, a cerimónia contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, do Presidente da Assembleia Municipal, Fernando Campos, e do Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas. O Presidente da Câmara, Fernando Queiroga, destacou a forma exemplar como a Feira do Porco de Boticas tem vindo a crescer ao longos dos anos. “Há vinte anos consecutivos que divulgamos o que de melhor há e se faz no nosso concelho e que apoiamos e incentivamos os produtores a manterem vivas as tradições”, disse o autarca. Fernando Queiroga afirmou ainda que “o nosso objetivo não é vender produto pela quantidade mas sim pela qualidade, essa é que é a chave do sucesso deste certame”. Por sua vez, o Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, afirmou que “é importante que as pessoas tenham consciência que o crescimento das regiões, nomeadamente dos concelhos do interior, deve passar pela aposta na agricultura familiar e não pela industrialização”. “Esta é uma atividade que recupera as tradições deste território, gera sustentabilidade e rentabilidade para fixar as famílias e, portanto, é essencial que se criem medidas que apoiem a pequena agricultura”, acrescentou Miguel Freitas. Após a sessão solene decorreu a habitual rondas pelos stands de venda de fumeiro, produtos alimentares e artesanato presentes no evento.  Divulgação da XX Feira Gastronómica do Porco em Espanha http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=V6 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=V6 Divulgação da XX Feira Gastronómica do Porco em Espanha]]>O Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, esteve esta manhã na estação de rádio galega, Cadena Cope, a promover a XX Feira Gastronómica do Porco, que se realiza já este fim de semana, dias 12, 13 e 14 de janeiro, no Pavilhão Multiusos. A promoção e divulgação da Feira do Porco de Boticas do outro lado da fronteira é uma oportunidade para atrair mais visitantes até à vila barrosã. Fernando Queiroga acredita que “à semelhança dos anos anteriores, a feira do porco de Boticas vai ser brindada pela presença de muitos visitantes vindos da vizinha Espanha”. “Esse é um facto que muito  nos orgulha pois demonstra que a qualidade dos nossos produtos ultrapassa fronteiras”, realçou o autarca. Restaurantes do Concelho associam-se à XX Feira Gastronómica do Porco http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=U6 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=U6 Restaurantes do Concelho associam-se à XX Feira Gastronómica do Porco]]>Os visitantes que se desloquem a Boticas neste fim de semana, altura em que decorrerá a XX Feira Gastronómica do Porco, vão poder disfrutar dos sabores barrosões tanto no recinto da feira, com as tradicionais tasquinhas, como também nos restaurantes espalhados um pouco por todo o concelho. Esta novidade permitirá que os milhares de pessoas, que por estes dias visitam o Município de Boticas, possam degustar outros pratos tipicamente barrosões, como é o caso do cabrito, ou ainda, da truta de Boticas.   Restaurantes Aderentes -       Restaurante O Encontro – Estrada Nacional 312, nº 39, Sapiãos – Tel. 276 413 020 -       Restaurante Abstrato (Hotel Boticas Art & Spa) – Rua Gomes Monteiro, nº 3, Boticas – Tel. 276 414 330 -       Restaurante/Bar Fernandes – Rua Sangunhedo, nº 7, Boticas – Tel. 276 415 211 -       Churrasqueira da Estação – Central de Camionagem, Boticas – Tel. 276 414 139 -       Taberna dos Sabores – Rua S. Cristovão, nº 7, Boticas – Tel. 276 418 293 -       Restaurante Ribeiralta – Rua Camilo Castelo Branco, nº 2, Boticas – Tel. 276 415 138 -       Restaurante Barroso – Rua Camilo Castelo Branco, nº 35, Boticas – Tel. 276 415 356 -       Restaurante O Caçador – Estrada Nacional 311, nº 34, Carreira da Lebre – Tel. 276 415 959 -       Churrasqueira Sol Picante – Estrada Nacional 311, Carreira da Lebre – Tel. 276 414 016 -       Restaurante Rio Beça – Estrada Nacional 311, nº 33, Carreira da Lebre – Tel. 276 413 003 -       Restaurante O Pastor – Estrada Nacional 311, Carreira da Lebre – Tel. 276 415 367 -       Restaurante Martinho – Estrada Nacional 311, Carreira da Lebre – Tel. 276 415 491 -       Restaurante Casa de Vilar – Lugar da Lavra, EN 311 – Tel. 276 413 056 Apresentação da XX Feira Gastronómica do Porco de Boticas http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=T6 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=T6 Apresentação da XX Feira Gastronómica do Porco de Boticas]]>Realizou-se esta terça-feira, dia 3 de janeiro, a apresentação da XX Feira Gastronómica do Porco de Boticas, que se decorrerá nos dias 12, 13 e 14 de janeiro, no Pavilhão Multiusos de Boticas. O certame é organizado pelo Município de Boticas em conjunto com a empresa EHATB – Empreendimentos Hidroelétricos do Alto Tâmega e Barroso. Sendo a Feira do Porco de Boticas, a primeira feira do fumeiro a realizar-se no Alto Tâmega e um dos maiores eventos gastronómicos do norte do país, o Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, espera que a vigésima edição do certame prime, mais uma vez, pelo sucesso. “A Feira Gastronómica do Porco de Boticas abre uma sequência de feiras que se realizarão nos próximos tempos no Alto Tâmega, por esse motivo queremos dar a conhecer o que de melhor há e se faz no nosso concelho, quer a nível gastronómico quer a nível turístico. Queremos que os milhares de visitantes vão de Boticas satisfeitos e com vontade de, em breve, voltarem a esta região”, afirmou Fernando Queiroga. O autarca acrescentou ainda que “esta feira é um importante impulsionador para a economia local, nomeadamente para os produtos de fumeiro, que vêem o trabalho de um ano inteiro ser recompensado.”. A vigésima edição da feira contará com a participação de mais de 70 stands de exposição e venda de produtos alimentares, enchidos e artesanato. Ao todo serão disponibilizadas 40 toneladas de fumeiro que permitirão realizar um volume de negócios a rondar o meio milhão de euros. Para além dos expositores a feira contará, mais um vez, com a presença de tasquinhas regionais, que apresentarão dois menus tipicamente barrosões, confecionados à base de carnes de porco e enchidos e com preços devidamente tabelados.   A novidade desta edição do certame é a presença, na parte exterior do pavilhão, de tasquinhas com petiscos para aqueles que pretendam comer alguma coisa mais ligeira e rápida, como por exemplo, hamburgers de carne barrosã. A animação dos três dias do certame será garantida pela participação de vários grupos musicais no interior do recinto da feira, pela presença do programa “Somos Portugal”, da TVI e pelas tradicionais “Chegas de Bois”.  XXIII Encontro de Cantadores de Reis/Janeiras http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=S6 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=S6 XXIII Encontro de Cantadores de Reis/Janeiras]]>O Auditório Municipal de Boticas foi pequeno para receber, na passada sexta-feira, dia 5 de janeiro, as centenas de pessoas que fizeram questão de assistir a uma das tradições que ainda se mantém bem enraizada um pouco por todo o município barrosão, o cantar dos reis. A 23ª edição do Encontro de Cantadores de Reis/Janeiras, iniciativa organizada pela Câmara Municipal, contou com a participação de oito grupos representativos de associações culturais, recreativas e humanitárias do concelho. A Orquestra Juvenil da Banda Filarmónica de Couto de Dornelas, o Centro Cultural e Recreativo de Beça, o Grupo de Cantares de Covas do Barroso, a Associação Cultural, Recreativa e Desportiva da Serra do Leiranco – Sapiãos, a Associação de Desenvolvimento de Dornelas, a Delegação de Boticas da Cruz Vermelha Portuguesa, o Grupo de Cantares de Couto de Dornelas e o Centro Social de Atilhó foram os responsáveis por, através de quadras e cantigas alusivas à data, animaram o auditório completamente lotado. Manter as tradições vivas, preservar o património cultural do concelho e incutir nos mais jovens o gosto pelos usos e costumes locais continuam a ser os objetivos principais da realização desta iniciativa.  Exposição “Interpretação, Representação e Intervenção na Paisagem do PAVT” http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=R6 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=R6 Exposição “Interpretação, Representação e Intervenção na Paisagem do PAVT”]]>Foi inaugurada na passada sexta-feira, dia 5 de janeiro, no Átrio dos Paços do Concelho, a exposição intitulada “Interpretação, Representação e Intervenção na Paisagem do PAVT”. A mostra, que reúne um conjunto de trabalhos desenvolvidos por alunos do 4º ano do Mestrado Integrado em Arquitetura, da Escola de Arquitetura da Universidade do Minho, contou com a presença da Vereadora da Câmara Municipal, Maria do Céu Fernandes, da coordenadora do projeto, Rute Carlos e do diretor do Mestrado Integrado em Arquitetura da Universidade do Minho, João Cabeleira. “Desde 2009 que o Município de Boticas e a Universidade do Minho trabalham em parceria, nomeadamente, com a Unidade de Arqueologia e mais recentemente com a Escola de Arquitetura. Desse protocolo têm resultado trabalhos excecionais e que em muito valorizam o património quer natural, quer paisagístico existente no Parque Arqueológico do Vale Superior do Rio Terva”, afirmou Maria do Céu Fernandes. “Todas as ações de estudo, promoção e divulgação do património existentes no PAVT são fundamentais para o desenvolvimento e valorização da riqueza do concelho”, acrescentou a vereadora. Por sua vez, Rute Carlos, destacou “a forma como os alunos do 4º ano do Mestrado Integrado em Arquitetura se dedicaram a este estudo, nomeadamente, a investigar, fazer uma reflexão e transformação da paisagem do PAVT. Com base nessa mesma investigação foram apresentadas propostas de intervenção para o Parque Arqueológico”. “O PAVT tem uma enorme riqueza não só ecológica como também paisagística, e através destes trabalhos pretendemos lançar bases para dar a conhecer e divulgar grande parte deste património e, simultaneamente, incentivar à preservação da cultura deste território”, afirmou a Rute Carlos. As propostas apresentadas pelos alunos abordam as temáticas da Diversidade Transigente, no Rio Terva, Tornar Visível o Canal de Água de Bobadela, Valorização da Ribeira do Brejo e a Paisagem Agrícola de Ardãos. Esta exposição realizou-se no âmbito do protocolo de colaboração existente entre Universidade do Minho e a Câmara Municipal de Boticas, com a colaboração da Unidade de Arqueologia daquela instituição.  Câmara de Boticas entrou em 2018 com dívida zero http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=Q6 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=Q6 Câmara de Boticas entrou em 2018 com dívida zero]]>A Câmara Municipal de Boticas terminou o ano de 2017 com dívida zero, ou seja, à entrada para 2018 o Município tinha regularizadas todas as dívidas a terceiros, mais concretamente a fornecedores. Esta situação resulta, nas palavras do Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, de “uma gestão rigorosa e consentânea com a realidade financeira do Município, que nunca excede aquilo que pode gastar, sendo possível manter sempre equilibradas as suas finanças e honrar os seus compromissos de forma atempada”. De resto, sublinha o autarca, “o prazo médio de pagamento [PMP] do Município de Boticas, reportado ao terceiro trimestre do ano passado, é de apenas 7 dias, sendo bem demonstrativo da excelência da gestão financeira levada a cabo pela Câmara Municipal, e que faz dela a Autarquia mais eficiente em termos financeiros do distrito e a 17ª entre os municípios portugueses de pequena dimensão”. Para alcançar estes resultados tão positivos, e que permitiram que o Município entrasse no novo ano sem dívidas a fornecedores, também contribuiu o facto de a Autarquia não ter recorrido a empréstimos bancários nos últimos anos, ao mesmo tempo que tem vindo progressivamente a reduzir os encargos com juros. De recordar que o valor global o Orçamento do Município para 2018 é ligeiramente superior a 11 milhões de euros. Mercado de Natal abrilhantou Boticas http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=P6 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=P6 Mercado de Natal abrilhantou Boticas]]>O átrio do edifício do Município acolheu, nos passados dias 22 e 23 de dezembro, a segunda edição do “Mercado de Natal”. A iniciativa, organizada em conjunto pela Mais Boticas – Associação Empresarial Botiquense e pela Câmara Municipal, contou, à semelhança do ano anterior, com a participação dos comerciantes locais. Quem visitou o mercado encontrou vários stands com diferentes artigos e produtos, como roupa, artesanato, bijuteria, produtos regionais, entre outros. A animação também foi um constante ao longo dos dois dias com as charangas “Fuego” e “Castro Bello” a animarem as ruas da vila, da Carreira da Lebre e do mercado, acompanhados por Pais e Mães Natal, duendes e renas. O presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, que esteve presente na abertura do mercado, afirmou “que a dinamização do centro da vila bem como a valorização do comércio tradicional acontece durante todo o ano e não apenas nos meses de verão. Qualquer oportunidade que surja para divulgar os estabelecimentos locais deve ser aproveitada ao máximo”. “Além do mercado também pensamos nos mais pequenos e voltamos a ter a pista de gelo instalada na Praça do Município, para que todos se possam divertir e usufruir de momentos em família, uma vez que a pista está em funcionamento até ao início do ano”, acrescentou o autarca. Por sua vez, o Presidente da Associação Empresarial Botiquense, Paulo Aleixo, referiu que “o grande objetivo da realização de iniciativas como esta passa por trazer mais gente a Boticas, nomeadamente ao centro da vila e, simultaneamente, fazer com que os comerciantes possam vender os seus artigos e ter alguma rentabilidade extra”. Campanha Nacional “Vamos Fechar a Torneira à Seca” http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=O6 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=O6 Campanha Nacional “Vamos Fechar a Torneira à Seca”]]>Face às condições de seca extrema que se têm vindo a verificar nos últimos meses em Portugal, o Ministério do Ambiente em conjunto com o Grupo Águas de Portugal, Agência Portuguesa do Ambiente e Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR), lançaram a campanha “Um minuto por dia, vamos fechar a torneira à seca”, com o objetivo de sensibilizar as pessoas e as entidades públicas e privadas para a importância da racionalização de água em períodos de seca. Por esse motivo, o Município de Boticas associa-se a esta causa e vai adotar medidas que ajudem a reduzir os consumos de água nos serviços e equipamentos da autarquia. Nesse sentido, solicita-se aos munícipes que também se associem à campanha, adotando comportamentos que contribuam para a redução do consumo de água. Essa redução pode ser feita através  gestos simples como, por exemplo, fechar a torneira enquanto escova os dentes ou reaproveitar a água de lavar frutas ou legumes para regar as plantas. Pequenas Mudanças, Grandes Poupanças. Toda a informação relativa a esta campanha está disponível em www.fecheatorneira.pt. Assembleia Municipal aprovou Orçamento para 2018 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=N6 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=N6 Assembleia Municipal aprovou Orçamento para 2018]]>A Assembleia Municipal de Boticas aprovou por unanimidade, esta quarta-feira, dia 20 de dezembro, o Orçamento e as Grandes Opções do Plano da autarquia para 2018. A Câmara Municipal de Boticas conta novamente com um orçamento global de mais de 11 milhões de euros. O executivo liderado por Fernando Queiroga acredita que, com a aprovação do orçamento, será possível cumprir todas as metas estabelecidas pela autarquia para o próximo ano. “Continuamos a apostar no desenvolvimento da nossa terra, na promoção e divulgação dos nossos produtos, na fixação tanto de jovens como de novas empresas no concelho,  na realização de algumas obras importantes e também continuamos a ter em conta o bem-estar das nossas famílias”, disse Fernando Queiroga. À semelhança do que tem vindo a acontecer nos últimos anos, a Câmara Municipal volta a abdicar da totalidade da participação (5%) a que tem direito no IRS dos munícipes e mantém o IMI no mínimo obrigatório por lei (0,3%), sendo que ainda são aplicadas reduções às famílias com dependentes a cargo.