CMB Site Manager Município de Boticas - A Sedução da Montanha http://www.cm-boticas.pt/ Feed Notícias do Município de Boticas pt-pt CMB Site Manager webmaster@cm-boticas.pt (Webmaster) Copyright © CM-Boticas - 2010 Município de Boticas - A Sedução da Montanha http://www.cm-boticas.pt/ http://www.cm-boticas.pt/feed/PlacaCamara.jpg Cerimónia de Certificação da Região do Barroso como Património Agrícola Mundial http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=58 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=58 Cerimónia de Certificação da Região do Barroso como Património Agrícola Mundial]]>O Presidente da Câmara Municipal de Boticas, Fernando Queiroga, e o seu homólogo de Montalegre, Orlando Alves, receberam esta quinta-feira, dia 19 de abril, na sede do departamento da Organização das Nações Unidas (ONU), em Roma, o certificado que confirma a Região do Barroso como Património Agrícola Mundial. Esta distinção foi atribuída pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e atesta o sistema agro-silvo-pastoril do Barroso como um importante método de preservação do património agrícola, a nível mundial. A Região do Barroso, que engloba os Concelhos de Boticas e Montalegre, é o primeiro território do país a conquistar tal feito. “É com enorme satisfação que vemos o Barroso ser reconhecido pela FAO como Património Agrícola Mundial. Esta certificação fará com que venha cada vez mais gente a este território e, simultaneamente, seja mais reconhecido.”, afirmou Fernando Queiroga. O autarca destacou ainda que “esta distinção é o ponto de partida para um maior desenvolvimento da região, muitas vezes esquecida. Os dois municípios têm agora mais responsabilidades, no que diz respeito à promoção e preservação deste território.”. Dia Internacional dos Monumentos e Sítios assinalado em Boticas http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=48 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=48 Dia Internacional dos Monumentos e Sítios assinalado em Boticas]]>As crianças do Agrupamento de Escolas Gomes Monteiro participaram, esta quarta-feira, dia 18 de abril, nas comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, que se comemora anualmente neste dia. Foi sob o lema “Património de Geração em Geração”, que o Município de Boticas levou a cabo um conjunto de atividades dirigidas aos alunos do agrupamento escolar. Durante o período da manhã, as crianças assistiriam à visualização de dois pequenos vídeos sobre o funcionamento das minas e visitaram as Minas do Brejo, local onde puderam estar em contacto com a natureza e perceber melhor as mudanças que ocorreram no PAVT, desde a época romana até aos dias de hoje. À tarde realizou-se uma visita guiada ao Castro de Sapelos, onde as crianças participaram numa aula de arqueologia orientada pelo arqueológo da Universidade do Minho, Bruno Delfim. A vereadora da Câmara Municipal, Maria do Céu Fernandes, fez questão de marcar presença e acompanhar os alunos nas iniciativas. A comemoração deste dia teve como objetivo promover e valorizar o património histórico existente um pouco por todo o concelho barrosão e, simultaneamente, consciencializar as crianças sobre a importância da preservação e proteção dos monumentos e sítios. Acessos Públicos para o Rali do Alto Tâmega http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=38 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=38 Acessos Públicos para o Rali do Alto Tâmega]]>De forma a permitir que todos os interessados possam disfrutar ao máximo e em segurança do Rali do Alto Tâmega, evento desportivo que se realiza este fim de semana, dias 21 e 22 abril, nos Municípios de Chaves e Boticas, já estão disponíveis todas as informações e indicações sobre as zonas de acesso permitidas ao público. A organização do Rali do Alto Tâmega convida-o a assistir ao evento. No entanto, é fundamental que se cumpram as regras de segurança previamente definidas. Troféu Downhill Boticas volta a ser um sucesso http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=28 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=28 Troféu Downhill Boticas volta a ser um sucesso ]]>A encosta do Miradouro de Seirrãos foi palco, no passado fim de semana, dias 14 e 15 de abril, da 4ª edição do Troféu Downhill Boticas, pelo segundo ano consecutivo prova Internacional de Classe 2 da Union Cycliste Internationale (UCI). O Troféu Downhill Boticas 2018 contou com a participação de mais de 200 praticantes da modalidade, entre federados e promoção, vindos de vários pontos do país e de Espanha. Foram dois dias repletos de muita adrenalina, com os “downhillers” a colocarem à prova as suas capacidades físicas numa pista bastante rápida, mas com um grau de exigência e concentração elevado, provenientes dos ajustes técnicos feitos em vários pontos do percurso. À semelhança das edições anteriores, os atletas demonstraram a sua satisfação pela realização de mais uma edição da prova e pela excelente organização. “Os atletas estão todos muito contentes por participar neste evento. Foram visíveis as melhorias da pista e, mais uma vez, constatamos que a organização é fantástica, que se preocupa connosco e que nos tratam sempre bem.”, disse Marco Amado, atleta espanhol, vencedor do Troféu Downhill Boticas 2018. Marco Amado referiu ainda que “é gratificante conseguir alcançar o melhor tempo perante pilotos com muita qualidade. É sempre um prazer correr nesta pista, até porque está bastante rápida, o que a eleva ao nível de uma pista dos circuitos mundiais”. Por sua vez, a vencedora da categoria elites femininas, Ana Leite, disse que “desde a primeira edição é visível a forma como a prova tem vindo a evoluir, a pista está muito mais dura em comparação com o ano passado. Em termos de organização esta prova é extraordinária, para mim, é uma das melhores.”. O Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, acredita que “o sucesso do Troféu Downhill Boticas se deve, em grande parte, à qualidade da pista e às condições que se oferecem aos atletas, pois é isso que faz com que, ano após ano, o número de participantes tenha vindo a aumentar. São esses os fatores que fazem com que os pilotos sintam vontade em continuar a participar neste evento desportivo”. “Promover o nosso concelho, as nossas gentes, as nossas tradições e a nossa gastronomia são os motivos pelos quais realizamos esta e outras iniciativas. Queremos que as pessoas visitem Boticas, conheçam tudo aquilo que temos para oferecer e fiquem com vontade de cá voltar.”, destacou o autarca. No que toca a resultados, o 1º lugar do pódio, na categoria Elites Masculino, foi para Marco Amado (Ciclos Quintela – Santa Cruz), que conseguiu cortar a linha da meta em 2:14.490, ultrapassando assim o record alcançado na edição anterior (2:16.299). O 2º lugar foi para o vencedor da edição do ano passado, Vasco Bica (Miranda Factory), com um tempo de 2:14.539, sendo que o 3º e último lugar do pódio foi para Pedro Panizo (BiciVerde), que percorreu a pista em 2:17.651. Quanto às Elites Femininas, que este ano contou, novamente, com a participação de três atletas, o 1º lugar foi conquistado por Ana Leite (Enduro BTT Braga), que conseguiu um registo de 3:03.106. O 2º e 3º lugares da categoria foram alcançados por duas atletas espanholas, Paula Fernandez (Barbanzabike) e Barbara Iglésias (Moto Bike P.C.) com um tempo de 3:45.811 e 4:17.816, respetivamente.   Na categoria de Cadetes, o vencedor foi João Baptista (Mibilbanho/Bike House DH Team), com o tempo de 2:26.590. Nos Juniores, a melhor classificação foi para Tiago Ladeira (Miranda Factory), atual campeão europeu de Downhill, que conseguiu percorrer a pista em 2:21.221. Nos Master 30, Rui Cabrita (Wildpack BCF Algarve Racing) foi o vencedor da categoria ao cortar a meta em 2:25.355. Em Master 40, o 1º lugar foi conquistado por Maurício Conceição (Maiatos/Reabnorte), com a marca de 2:41.954. Por fim, Joaquim Dias (Enduro BTT Braga), conseguiu alcançar o 1º lugar do pódio na categoria Master 50, com um tempo de 2:53.740. Quanto à Promoção, o vencedor da categoria foi João Pedro Gomes (Enduro BTT Braga), que conseguiu atravessar a linha da meta em 2:22.873. Relativamente às equipas, o troféu de equipa mais representada foi para Mibilbanho/Bike House DH Team, sendo o 2º lugar atribuído à GetPro/Linhas Afemar/Torcatense e o 3º lugar à Moto Bike P.C. Como é habitual neste tipo de provas desportivas, no final decorreu a entrega de troféus aos três primeiros classificados de todas as categorias em competição e a atribuição do Prize Money aos oito lugares à geral masculina e feminina. Os prémios foram entregues pelo Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, pelo Vice-Presidente, Guilherme Pires, pelo Vereador Hélio Martins, pela Presidente do Colégio de Comissários, Beatriz Bertomeu, e pelo Comissário da UVP-FPC, Luís Teixeira. O Troféu Downhill Boticas foi organizado pelo Clube BTT Boticas e pela Câmara Municipal, com o apoio da UVP/Federação Portuguesa de Ciclismo, ACVR e UCI. Fotos disponíveis em https://www.facebook.com/www.bttboticas.pt/  Alunos da Escola Gomes Monteiro participaram em iniciativa sobre Daltonismo http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=18 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=18 Alunos da Escola Gomes Monteiro participaram em iniciativa sobre Daltonismo]]>As crianças do 3º e 4º anos de escolaridade da Escola Gomes Monteiro participaram, no passado dia 12 de abril, numa iniciativa sobre daltonismo, promovida pela Câmara Municipal, em parceria com o Agrupamento Escolar e a ColorADD Social. A atividade permitiu às crianças aprender mais sobre o daltonismo e experienciar a forma como os daltónicos veem e identificam as cores, através do ColorADD, um sistema de cores universal baseado em símbolos. Com esta experiência as crianças ficaram a conhecer as dificuldades que os daltónicos têm em distinguir as cores e puderam perceber a forma como eles conseguem ultrapassar esse mesmo problema. A realização desta atividade permitiu alertar a comunidade escolar, nomeadamente, alunos e professores, para a deteção precoce do daltonismo e, simultaneamente, contribuir para a inclusão do sistema ColorADD nas escolas. Além da componente didática, as crianças das turmas envolvidas foram submetidas a um rastreio de daltonismo. A vereadora da Câmara Municipal, Maria do Céu Fernandes, participou na iniciativa e entregou a cada um dos alunos um kit composto por uma mochila, um caderno para colorir e uma caixa com 12 lápis de cor, identificados com o código ColorADD.   Rali do Alto Tâmega está de volta http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=08 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=08 Rali do Alto Tâmega está de volta]]>25 Anos depois, uma das mais carismáticas provas de asfalto renasce sob a batuta do CAMI e irá percorrer as desafiantes estradas de Chaves e Boticas 25 anos depois, estamos perante uma espécie de regresso do filho pródigo. De 1983 a 1993, o Rali Alto Tâmega assumiu um protagonismo crescente entre as provas de asfalto mais desafiantes dos ralis nacionais, ostentando no seu palmarés de vencedores, nomes carismáticos da época como os de Joaquim Santos, Joaquim Moutinho, José Miguel Leite Faria ou Fernando Peres. Agora, um quarto de século depois, o 2º episódio da vida do rali será cumprido a 21 e 22 de Abril, integrado no calendário do Campeonato Norte de Ralis. O CAMI, clube que assumiu a organização do rali, não esconde a ambição de “devolver o Rali Alto Tâmega ao lugar que merece entre os ralis nacionais”. Nuno Loureiro, presidente do clube, assume “a enorme responsabilidade que temos em garantir que a rica história da prova tenha agora uma continuidade ao mais alto nível, sendo nosso objetivo devolver o Rali Alto Tâmega ao campeonato nacional, dentro de poucos anos, sabendo que, para isso acontecer, tudo terá de corresponder aos níveis máximos de exigência organizativa”. O dirigente aponta ainda como objetivos deste regresso “tornar a prova um embaixador da Região do Alto Tâmega quer em Portugal quer fora das nossas fronteiras, sendo nossa intenção internacionalizar o rali no futuro próximo”. O CAMI vai montar a prova com recurso a uma vasta equipa, contando com o apoio de mais 5 clubes e mais de oito dezenas de elementos diretos na organização, a que se juntam as forças da GNR e da PSP e ainda 4 corporações de Bombeiros Voluntários. Nuno Loureiro destacou ainda “que este sonho só foi possível de concretizar porque os Municípios de Chaves e de Boticas abraçaram a ideia, proporcionando os meios necessários para levar o rali para a estrada. Sem eles não seria possível!”. Parte integrante do conjunto de municípios do Alto Tâmega, Chaves e Boticas vão ser o cenário ideal para o regresso do rali. Na sua intervenção, Fernando Queiroga, edil de Boticas, referiu “o bom entendimento entre Chaves e Boticas para levar a bom porto esta prova, sendo felizmente habitual os dois municípios colaborarem para trazer para a região eventos que possam ser uma mais-valia, a exemplo do que fazemos com outros municípios para promover o Alto Tâmega”. Considerou ainda que “Boticas beneficia muito por receber parte do traçado da prova e tudo faremos para a apoiar no futuro”. Para Nuno Vaz, presidente da Câmara Municipal de Chaves, esta apresentação oficial “marcou simbolicamente a vontade que temos em fazer sair o Rali Alto Tâmega do museu e assim devolver esta prova às estradas da nossa região”. Para o anfitrião, a prova tem “tudo para se tornar um dos cartazes de promoção da nossa região, atraindo os aficionados da modalidade à nossa região, servindo assim como mais um estímulo para a economia da região”. Aliás, será Chaves o centro nevrálgico da prova, com o secretariado e gabinete de imprensa a ficarem instalados no Museu Nadir Afonso e a chegada do rali a ser feita em frente à Biblioteca Municipal. Serão oitenta especiais de classificação, a que se juntam 70 Kms de ligação. Para além da super-especial de abertura, cumprida perto do perímetro urbano flaviense, o rali irá revisitar troços cronometrados míticos como os de Vidago-Boticas, nomeadamente as localidades de Nogueira, Bobadela e Ardãos, até Soutelo (agora renomeado Seara Velha) e o de Chaves, que fizeram as delícias dos amantes da modalidade nas edições anteriores da prova. De salientar que a super-especial de abertura terá transmissão pela internet em “live streaming”, estando ainda preparadas mais algumas iniciativas para potenciar a comunicação da prova. O evento de apresentação foi complementado pela abertura da Exposição "10 Anos de Rali no Alto Tâmega”, que reúne um rol de fotografias destacando a rica história da prova e que estará patente ao público até 22 de abril no Museu da Região Flaviense. Equipa de Rali da Citroen Racing WRC faz testes em Boticas http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=z8 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=z8 Equipa de Rali da Citroen Racing WRC faz testes em Boticas]]>A equipa de Rali da Citroen Racing WRC tem um conjunto de testes programados para o Concelho de Boticas, preparando, assim, o Rali de Portugal, prova pontuável para o Mundial de Ralis que se realiza de 17 a  20 de maio próximos. Os testes da Citroen realizam-se nos seguintes dias e horários: 16 de abril em Vila Grande (freguesia de Dornelas) das 07.00h as 20.00h; 17 de abril em Cerdedo, das 07.00h as 20.00h 18 de abril entre Pinho e Sobradelo, das 07.00h as 20.00h. Dia Nacional dos Moinhos e Dia Dos Moinhos Abertos assinalado em Boticas http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=y8 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=y8 Dia Nacional dos Moinhos e Dia Dos Moinhos Abertos assinalado em Boticas ]]>O Município de Boticas, em parceria com a Associação Ambiental e Cultural Celtiberus (AACC), assinalou o Dia Nacional dos Moinhos e o Dia dos Moinhos Abertos com a realização, no dia 11 de abril, de uma atividade direcionada para as crianças dos Jardins de Infância de Beça, Boticas, Santa Casa da Misericórdia e para os utentes do CADAT. A iniciativa, que decorreu no Boticas Parque – Natureza e Biodiversidade, permitiu aos participantes pôr as mãos à obra, fazer o próprio pão e acompanhar todo o processo de fabrico, desde a preparação até à cozedura da massa, no forno a lenha. Além disso, as crianças participaram numa visita guiada ao Moinho da Ponte Pedrinha, local onde lhes foi dada uma breve explicação acerca do funcionamento da azenha. A ação contou com a presença da Vereadora da Câmara Municipal, Maria do Céu Fernandes. Promover, valorizar e preservar as tradições e o património arquitetónico existente no concelho, continua a ser um dos motivos para a realização deste tipo de iniciativas. Férias da Páscoa Ativas http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=x8 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=x8 Férias da Páscoa Ativas]]>Tal como tem vindo a acontecer nos últimos anos, a Câmara Municipal promoveu um conjunto de atividades lúdicas, desportivas e culturais direcionadas para as crianças e jovens do concelho, com idades compreendidas entre os 6 e os 14 anos. Os designados “Ateliers de Primavera” decorreram durante as férias escolares do segundo período, de 26 de março a 6 de abril, no Pavilhão Multiusos de Boticas. As diversas atividades realizadas no âmbito da iniciativa permitiram às cerca de três dezenas de crianças e jovens disfrutar de umas férias diferentes, de forma ativa e divertida. Região de Barroso é declarada património agrícola mundial pela FAO http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=w8 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=w8 Região de Barroso é declarada património agrícola mundial pela FAO]]>O Grupo Consultivo Científico do Programa de Sistemas Agrícolas Tradicionais de Relevância Global (em inglês, Globally Important Agricultural Heritage Systems – GIAHS) acaba de declarar a região do Barroso património agrícola mundial. Esta foi a primeira candidatura do género em toda a Europa. A cerimónia da entrega do certificado acontecerá no dia 19 de abril em Roma. O GIAHS, na sigla em inglês, é uma iniciativa da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) para a promoção da consciencialização e do reconhecimento nacional e internacional dos sistemas de património agrícola, alertando para a importância de proteger os bens e serviços sociais, culturais, económicos e ambientais que estes fornecem aos agricultores familiares, aos povos indígenas e às comunidades locais, promovendo uma abordagem integrada que combina agricultura sustentável e desenvolvimento rural. Com o apoio da FAO e dos governos, organizações da sociedade civil estão a desenvolver em vários países da CPLP processos nacionais de candidaturas para o Programa de Sistemas Agrícolas Tradicionais de Relevância Global. A elaboração das candidaturas baseiam-se em processos participativos que envolvem governos, universidades e representantes das comunidades locais. No caso da candidatura do Barroso, estiveram envolvidas a Associação de Desenvolvimento da Região do Alto Tâmega (ADRAT), a Direção Regional de Agricultura (DRA), a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) e a Universidade do Minho (UM). Sobre o sistema agro-silvo-pastoril de Barroso Barroso é uma região agrícola dominada pela produção pecuária e pelas culturas típicas das regiões montanhosas. Do ponto de vista cultural, os habitantes do Barroso desenvolveram e mantiveram formas de organização social, práticas e rituais que os diferenciam da maioria das populações do país em termos de hábitos, linguagem e valores. Isso resulta das condições endógenas e do isolamento geográfico, bem como dos limitados recursos naturais que os levaram a desenvolver métodos de exploração e uso consistentes com sua sustentabilidade. O comunitarismo é um dos valores e costumes mais característico de Barroso, intimamente associado às práticas rurais de vida coletiva e à necessidade de adaptação ao meio ambiente. A paisagem montanhosa está historicamente relacionada com os sistemas agrícolas tradicionais, em grande parte baseados na criação de gado e na produção de cereais. Isto deu origem a um mosaico de paisagem em que as pastagens antigas, as áreas de cultivo (campos de centeio e hortas), os bosques e as florestas estão interdependentes, e onde os animais constituem um elemento chave no fluxo de materiais entre os componentes do sistema. Atualmente, tudo isso representa um recurso fundamental promover o turismo rural e de natureza, que desempenham um papel cada vez mais importante nas atividades da região. 13º Passeio TT “Aventura no Barroso” http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=v8 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=v8 13º Passeio TT “Aventura no Barroso”]]>Cerca de 350 pilotos de motos, motos 4 e buggies participaram este domingo, dia 8 de abril, na 13ª edição do Passeio TT “Aventura no Barroso”. Há treze anos consecutivos que um grupo de amigos organiza este evento de cariz solidário, uma vez que os lucros resultantes da realização da iniciativa revertem a favor dos Bombeiros Voluntários de Boticas. À semelhança das edições anteriores, o ponto de encontro foi no Pavilhão Multiusos, local de partida para um dia repleto de emoções. As belas paisagens, encostas e vales existentes no Concelho de Boticas foram palco da destreza dos pilotos, oriundos de vários pontos do país. Além disso, a organização foi, mais uma vez, brindada com a presença de centenas de conterrâneos emigrados em países como França, Suíça e Inglaterra, que vieram propositadamente para participar no passeio TT e contribuir para esta causa. “É com enorme orgulho que vejo muitos filhos da terra participarem nesta iniciativa, que começou por ser uma brincadeira de amigos. É uma satisfação ver que, apesar de longe, estes homens e mulheres não se esquecem da sua terra e fazem tudo o que está ao seu alcance para participarem no passeio”, disse o Presidente da Câmara e Presidente da Direção dos Bombeiros, Fernando Queiroga. Apesar da adrenalina com que os pilotos ultrapassaram os desafios ao longo do dia, o momento mais aguardado voltaram a ser as conhecidas “Rampas da Morte”, localizadas na encosta do Miradouro de Seirrãos e que são motivo de atração de milhares de pessoas, pois apenas os pilotos mais corajosos e aventureiros se atrevem a superar este desafio. O 13º Passeio TT, organizado pelo grupo Aventura no Barroso, contou com o apoio dos Bombeiros Voluntários de Boticas e da Câmara Municipal. Joaquim Moutinho no Rali Alto Tâmega http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=u8 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=u8 Joaquim Moutinho no Rali Alto Tâmega]]>O CAMI Motorsport acaba de confirmar a presença de Joaquim Moutinho, um dos pilotos sensação da década de 80 e início dos anos 90 nos Ralis em Portugal, no Rali Alto Tâmega. Joaquim Moutinho será o piloto do carro 0 do Rali Alto Tâmega. O piloto do Porto aceitou com agrado o convite endereçado pelo Cami Motorsport, recordando-se dos anos em que participou no Rali Alto Tâmega ao volante do mítico Renault 5 Turbo II. Dia 12 pelas 18.30hrs será inaugurada a exposição "10 Anos de Rali no Alto Tâmega - 1983-1993" no Museu da Região Flaviense (Praça de Camões- Chaves) seguindo-se a apresentação oficial do Rali que contará com uma tertúlia de ex pilotos que participaram no rali Alto Tâmega Joaquim Moutinho, Joaquim Santos e Fernando Peres já confirmaram a sua presença. O Rali Alto Tâmega vai para a estrada nos próximos dias 21 e 22 de Abril. Inserido no Campeonato Norte de Ralis e prova de estreia da Copa 106, o Rali Alto Tâmega terá 81 kms de Provas especiais de Classificação.ProgramaSábado dia 2121.00 hrs Super EspecialDomingo dia 2210.00hrs Chaves 111.00hrs Vidago/Boticas 111.50hrs Seara Velha 113.30hrs Chaves 214.15hrs Vidago/Boticas 215.00hrs Seara Velha 216.30hrs Pódio Biblioteca Municipal de Chaves Fernando Queiroga assumiu funções como presidente da Comissão Distrital de Proteção Civil http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=t8 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=t8 Fernando Queiroga assumiu funções como presidente da Comissão Distrital de Proteção Civil]]>O Presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga, assumiu recentemente as funções de presidente da Comissão Distrital de Proteção Civil (CDPC), tendo sido designado para o cargo pela Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP). Fernando Queiroga presidiu à sua primeira reunião do órgão na passada quinta-feira, dia 5 de abril, realizada do edifício do Governo Civil de Vila Real. A Comissão integra, ainda, entre outros elementos, o Comandante Operacional Distrital da Autoridade Nacional de Proteção Civil, um representante de cada ministério, os responsáveis máximos pelas forças e serviços de segurança existentes no distrito e um representante do INEM. A Comissão Distrital de Proteção Civil é responsável pela elaboração dos planos distritais de emergência. Além disso, acompanha as políticas diretamente ligadas ao sistema de proteção civil, promovendo o acionamento dos planos de emergência e a realização de exercícios, simulacros e treinos operacionais que contribuam para a eficácia de todos os serviços intervenientes em ações de proteção civil. Nesta reunião, para além da análise dos dados da atividade operacional no distrito no ano de 2017, doi feito ainda um ponto de situação da atividade preventiva no âmbito das Faixas de Gestão de Combustíveis e prestadas informações diversas, relacionadas com o DECIF 2018. Município de Boticas recebeu Selo Sogilub http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=s8 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=s8 Município de Boticas recebeu Selo Sogilub ]]>O Município de Boticas recebeu o Selo Sogilub 2018, por ter encaminhado corretamente os óleos lubrificantes usados, provenientes de motores de combustão, dos sistemas de transmissão, de turbinas, de sistemas hidráulicos, de transmissão de calor, entre outros, para os destinos finais legalmente autorizados. Este selo apenas é atribuído às empresas e entidades que entregaram os óleos usados durante o ano transato à SIGOU (Sistema Integrado de Gestão de Óleos Usados) e que cumpriram os requisitos estipulados. A atribuição do selo surge da adoção de boas práticas ambientais por parte da autarquia botiquense, uma vez que, o derrame e abandono deste tipo de substâncias constitui um grave problema para o meio ambiente e, consequentemente, um potencial elemento de contaminação de solos e águas. Portal “Autarquia 24 – Boticas em Linha” divulgado em iniciativa da ANMP http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=r8 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=r8 Portal “Autarquia 24 – Boticas em Linha” divulgado em iniciativa da ANMP]]>O Município de Boticas participou no passado dia 28 de março, em Viseu, num Workshop sobre Inovação, inserido na iniciativa “Smart Cities Tour 2018”, organizada pela Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), em parceria com a NOVA IMS. Enquanto membro da Secção de Municípios “Cidades Inteligentes” da ANMP, Boticas deu a conhecer o Portal “Autarquia 24 – Boticas em Linha”, um projeto inovador que permite uma maior flexibilização no acesso aos serviços administrativos e operativos do Município, por parte de cidadãos e empresas. O Portal, que está englobado no conceito de “Smart City”, permite que Boticas se torne, cada vez mais, num território inteligente, utilizando tecnologias digitais para melhorar os seus serviços e o contacto com os munícipes, turistas e empresas, promovendo a união entre a inovação, qualidade do ambiente, inclusão social e cultural, num contexto de governação aberta, potenciando a capacidade de atrair mais investimento para o concelho e, simultaneamente, alavancar não só o turismo, mas também a qualidade de vida dos cidadãos. O Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, acredita que “o uso da tecnologia ao serviço da população permite melhorar, em todos os aspetos, a forma como as autarquias interagem quer com os munícipes, quer com os turistas e empresas”. A apresentação do Portal “Autarquia 24 – Boticas em Linha” foi uma oportunidade para a Município partilhar o projeto com outras autarquias, universidades e empresas. As conclusões dos sete workshops, realizados no âmbito do “Smart Cities Tour 2018”, entre janeiro e março, em diferentes cidades do país, serão apresentadas na Cimeira dos Autarcas que decorrerá a par do “Portugal Smart Cities Summit”, no dia 11 de abril, em Lisboa. Jovem Botiquense continua a surpreender no “The Voice” Bélgica http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=q8 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=q8 Jovem Botiquense continua a surpreender no “The Voice” Bélgica]]>Andreia Rio, enfermeira de 30 anos, natural de Sapiãos, continua a demonstrar os seus dotes musicais na 7ª edição do programa “The Voice”, na Bélgica, país onde atualmente reside com o marido e os dois filhos. A participação de Andreia Rio no programa começou com a interpretação, na prova cega, do tema “Ó Gente da Minha Terra”, da fadista portuguesa Mariza, prestação que fez com que a jovem conseguisse integrar uma das equipas do “The Voice”. Após uma longa jornada de provas, Andreia está nos quartos de final da competição e continua a maravilhar não só os jurados e o público belga, mas também a comunidade portuguesa espalhada pelo mundo. O Município de Boticas deseja as maiores felicidades e sucesso a Andreia Rio e anseia que a sua participação no programa culmine com uma vitória. Inscrições para o Rali Alto Tâmega encerram a 13 de abril Apresentação oficial dia 12 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=p8 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=p8 Inscrições para o Rali Alto Tâmega encerram a 13 de abril Apresentação oficial dia 12]]>Aproxima-se a ‘passos largos’ mais uma edição de uma das provas mais emblemáticas do automobilismo nacional; o Rali Alto Tâmega. O Rali Alto Tâmega vai para a estrada a 21 e 22 de Abril, sendo que as inscrições terminam a 13 de Abril. Pontuável para o Campeonato de Ralis Norte FPAK, o Rali contará, também, com a antestreia da promissora Copa 106. Apesar do rali servir como teste para a Copa 106, o seu promotor conseguiu apoios através da ENERSOLAR e da Heads Motorsport para atribuir prémios interessantes aos 3 primeiros classificados da Copa 106. Boas noticias para as equipas inscritas no troféu CIN Intermunicípios, o Team Baia associou-se ao Rali Alto Tâmega e desta forma as equipas participantes no troféu CIN Intermunicípios terão as suas inscrições substancialmente mais reduzidas O evento organizado pelo CAMI Motorsport com o apoio dos Municípios de Chaves e Boticas será apresentado a 12 de Abril pelas 18:30hrs no Museu Arqueológico da Região Flaviense (Praça do Município de Chaves). No dia da apresentação será inaugurada uma exposição alusiva às 10 edições do Rali Alto Tâmega, durante a tarde será organizada uma Racing Experience para jornalistas e convidados especiais. Na apresentação também haverá lugar para uma tertúlia com ex-pilotos do Rali Alto Tâmega. Páscoa Viva Boticas 2018 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=o8 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=o8 Páscoa Viva Boticas 2018]]>Boticas encheu-se de animação durante o fim de semana de Páscoa, dias 30 e 31 de março, com a Praça e o Átrio do Município a serem locais de paragem obrigatória para muitos visitantes, que aproveitaram as miniférias para visitar familiares e amigos e desfrutar do que de melhor há e se faz no concelho. A Câmara Municipal, em conjunto com a Mais Boticas - Associação Empresarial Botiquense, levaram a cabo um conjunto de iniciativas que permitiram dar mais cor e vida ao centro da vila. O Átrio do Município acolheu o “Cantinho da Páscoa”, composto por stands representativos do comércio tradicional local e onde se realizaram várias atividades alusivas à época, nomeadamente o workshop do folar, a caça aos ovos e o atelier de Páscoa. O rei foi mesmo o folar gigante que na tarde de sábado, dia 31, fez as delícias dos milhares de pessoas que se deslocaram à vila para assistirem em direto à transmissão do programa da RTP, “Aqui Portugal”. A charanga “Mekanica” e o cantor Domingos Moça foram os responsáveis por animar todos aqueles marcaram presença no certame. O Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, fez questão de estar presente na iniciativa e de salientar que a promoção e divulgação do concelho continuam a ser uma das apostas do executivo municipal. “Dinamizar o comércio tradicional e, simultaneamente, atrair mais gente à vila de Boticas é um dos motivos porque continuamos a apostar na realização deste tipo de iniciativas, pois queremos que quem nos visita fique com vontade de voltar”, disse Fernando Queiroga. Apresentação das obras de Beneficiação da Rede de Percursos Pedonais da Vila de Boticas e do Espaço Intergerações e Casa das Associações http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=n8 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=n8 Apresentação das obras de Beneficiação da Rede de Percursos Pedonais da Vila de Boticas e do Espaço Intergerações e Casa das Associações]]>O Presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga, apresentou esta quarta-feira à população da Granja, no edifício da antiga escola primária, duas obras de grande relevância que irão realizar-se a curto prazo na área da freguesia de Boticas e Granja, estando as mesmas já adjudicadas. Trata-se da “Beneficiação da Rede de Percursos Pedonais da Vila de Boticas”, que se estande entre a entrada da Vila de Boticas e a Granja, e o “Espaço Intergerações e Casa das Associações”, que resultará da recuperação do antigo “grémio da batata”. Com uma assistência numerosa e muito interessada, o Presidente da Câmara explicou que a obra de beneficiação dos percursos pedonais irá dotar as vias de melhores condições de conforto e segurança para os utentes, contribuído para uma mobilidade urbana mais sustentável. A intervenção proposta contempla o alargamento e pavimentação de passeios (que ficarão sempre com um mínimo de 1,5 metros de largura), substituição do sistema de iluminação por luminárias com tecnologia LED, incluindo ainda melhorias no ordenamento do estacionamento. As obras de beneficiação destes percursos pedonais permitirão criar condições mais propícias para a circulação dos peões, criando uma rede homogénea e contínua, com uma melhor separação entre o sistema rodoviário e o pedonal, aumentando desta forma as condições de segurança e circulação dos utilizadores e tornando a circulação pedonal mais atrativa. A “Beneficiação da Rede de Percursos Pedonais da Vila de Boticas” – NORTE-03-1416-FEDER-000071, foi apresentada pelo Município de Boticas, ao aviso NORTE-06-2016-15 - Mobilidade Urbana Sustentável, tendo um investimento total elegível de 331.531,76€ e uma comparticipação FEDER de 281.802,00€, correspondente a uma taxa de cofinanciamento de 85% do custo total elegível da operação. Quanto ao “Espaço Intergerações e Casa das Associações”, que resultará da recuperação e requalificação do antigo edifício do grémio da batata, permitirá dinamizar um conjunto de atividades orientadas para diferentes públicos, razão pela qual o espaço será dividido em diversas salas que servirão de sede para as associações que assim o entendam se reunirem, depositarem os seus recursos e materiais e dinamizarem atividades vocacionadas para a comunidade. A promoção dos produtos tradicionais, em particular os da agricultura local, também terá lugar neste local, que prevê ainda um espaço que poderá vir a ser utilizado para uma espécie de incubadora de empresas, reunindo as necessárias condições para impulsionar alguns negócios, sendo geradora de atividade económica para o Concelho. O Presidente da Câmara, Fernando Queiroga, relembra que este investimento “estava a ser equacionado há já algum tempo, até porque se trata de recuperar e tornar funcional um edifício localizado num local privilegiado e que, pelo seu espaço, quer interior, quer exterior, permite desenvolver um projeto bastante abrangente e transversal a várias áreas, possibilitando acolher desde o movimento associativo à promoção dos produtos tradicionais e do empreendedorismo no Concelho. Quando as intervenções ficarem concluídas, Boticas passará a contar com um espaço versátil e um equipamento adequado às necessidades do Concelho, dando um forte contributo ao desenvolvimento de atividades económicas, culturais e de cariz social”. A candidatura “Espaço Intergerações e Casa das Associações” - NORTE-16-2016-10-Planos de Ação de Reabilitação é financiada pelo NORTE 2020 – EIXO PRIORITÁRIO 4- Qualidade Ambiental, OT6. Preservar e proteger o ambiente e promover a utilização eficiente dos recursos, contando com um investimento total elegível de 1.056.411,00€ e uma comparticipação FEDER de 897.949,35€, correspondente a uma taxa de cofinanciamento de 85% do custo total elegível da operação. No seu conjunto, garante o Presidente da Câmara, “estas duas obras permitirão modernizar ainda mais a freguesia de Boticas e Granja, dotando estes espaços das melhores condições para a fruição por parte do público”. Nesta cerimónia de apresentação, para além dos populares, estiveram também presentes o vice-presidente da Câmara, Guilherme Pires, o vereador Hélio Martins e o Presidente e Tesoureiro da Junta de Freguesia de Boticas e Granja, José Manuel Pereira e Carlos Gomes, respetivamente.   Reunião do Conselho Cinegético Municipal de Boticas http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=m8 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=m8 Reunião do Conselho Cinegético Municipal de Boticas]]>O Conselho Cinegético Municipal de Boticas reuniu esta quarta-feira, dia 28 de março, nos Paços do Concelho, tendo como ponto único a discussão sobre o processo de renovação de terrenos da zona de caça municipal (ZCM) do Couto de Dornelas. Nesta reunião participaram os elementos que compõem o Conselho Cinegético e da Fauna Municipal de Boticas, presidido pelo Presidente da Câmara, por inerência de funções, e no qual têm acento representantes do Instituto da Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), das associações de caçadores do concelho, das associações de agricultores, das associações ambientais e de defesa da natureza e das juntas de freguesia.