CMB Site Manager Município de Boticas - A Sedução da Montanha http://www.cm-boticas.pt/ Feed Notícias do Município de Boticas pt-pt CMB Site Manager webmaster@cm-boticas.pt (Webmaster) Copyright © CM-Boticas - 2018 Município de Boticas - A Sedução da Montanha http://www.cm-boticas.pt/ http://www.cm-boticas.pt/feed/PlacaCamara.jpg Associação de Sapiãos e grupo Duo Sol abriram atividades de verão http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=kA http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=kA Associação de Sapiãos e grupo Duo Sol abriram atividades de verão]]>A Praça do Município acolheu esta quinta-feira, dia 19 de julho, a primeira iniciativa do plano de atividades do verão 2018 promovido pela autarquia botiquense. Os protagonistas da noite foram o Grupo de Cantares da Associação Cultural, Recreativa e Desportiva da Serra do Leiranco – Sapiãos e o grupo Duo Sol, que através da diversidade musical animaram o centro da vila, naquela que foi a primeira “quinta-feira cultural”. Na próxima semana é a vez de subirem ao palco o Grupo de Cantares de Dornelas e o grupo musical Damásio. Ex-comandante do RI19 no Município de Boticas http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=jA http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=jA Ex-comandante do RI19 no Município de Boticas]]>O Coronel de Infantaria João Carlos Godinho esteve esta quinta-feira, dia 19 de julho, nos Paços do Concelho, para se despedir do Presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga, uma vez que cessou as suas funções de Comandante do Regimento de Infantaria Nº 19, sedeado em Chaves. O Coronel João Godinho agradeceu toda a disponibilidade e colaboração demonstrada pelo Município ao longo dos últimos dois anos, enquanto desempenhou funções no RI19. Por sua vez, Fernando Queiroga retribuiu os votos de agradecimento, destacando as boas relações de proximidade e cooperação entre as duas instituições. Internacionalização do Alto Tâmega analisada em Boticas http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=iA http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=iA Internacionalização do Alto Tâmega analisada em Boticas]]>Realizou-se esta quarta-feira, dia 18 de julho, no edifício dos Paços do Concelho, um encontro temático que decorre no âmbito do projeto “Programa de apoio à definição da estratégia de internacionalização e abordagem a mercados prioritários para os produtos endógenos da região do Alto Tâmega”. O projeto é desenvolvido em parceria pela Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega (CIMAT) e pela Associação de Municípios do Alto Tâmega (AMAT). Os objetivos e ações do projeto encontram-se definidos e alinhados com a Estratégia de Especialização Inteligente (RIS3) do Norte e com a Estratégia Integrada de Desenvolvimento Territorial do Alto Tâmega. Estes encontros, que decorrem em duas fases nos seis concelhos do Alto Tâmega, visam a delineação de estratégias de internacionalização dos produtos endógenos da região, entrando em mercados mais competitivos que permitam aumentar a capacidade competitiva e o crescimento do volume de distribuição e comercialização dos produtos além-fronteiras. A reunião contou com a presença, entre outros, do Presidente da Câmara Municipal de Boticas, Fernando Queiroga, e do Primeiro secretário da CIMAT, Ramiro Gonçalves. Os produtores locais também participaram na iniciativa, uma vez que o desenvolvimento e sucesso deste projeto depende, em parte, do trabalho desenvolvido em conjunto pela CIMAT, AMAT, Municípios e produtores. Jovens botiquenses frequentam Universidade Júnior do Porto http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=hA http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=hA Jovens botiquenses frequentam Universidade Júnior do Porto]]>Os 30 jovens que vão participar na Universidade Júnior foram recebidos esta quarta-feira, dia 18 de julho, no Salão Nobre dos Paços do Concelho pelo Presidente da Câmara, Fernando Queiroga, que fez questão de desejar boa estadia e excelente aprendizagem aos participantes da iniciativa organizada pela Universidade do Porto (UP) e à qual o Município de Boticas se associa mais uma vez. Entre os dias 23 e 27 de julho, os jovens botiquenses vão frequentar diversas atividades promovidas pelas 14 faculdades da UP, em áreas como as ciências, tecnologias, humanidades, artes ou desporto. Este ano participam na iniciativa jovens do 5º ao 11ª ano de escolaridade. Fernando Queiroga destacou que “é importante que os jovens tenham uma ideia sobre aquilo que querem para o futuro e que esta é a oportunidade certa para poderem escolher a área que mais os fascina”. “A autarquia continuará a apoiar as crianças e jovens do concelho, quer no seu percurso escolar e académico, quer no primeiro contacto com o mundo do trabalho”, acrescentou ainda o autarca. A Universidade Júnior tem como objetivos promover o gosto pelo conhecimento em múltiplas áreas e o interesse pelos estudos superiores, proporcionar a familiarização com o ambiente académico e contribuir para a escolha de um percurso vocacional. De realçar que, à semelhança do ano anterior, o Município de Boticas suporta a totalidade das despesas inerentes à participação dos jovens na Universidade Júnior, através do pagamento da propina, alojamento e transporte. Autarquia oferece Manuais Escolares aos alunos do 3º ciclo http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=gA http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=gA Autarquia oferece Manuais Escolares aos alunos do 3º ciclo]]>A Câmara Municipal de Boticas vai proceder à atribuição gratuita dos manuais escolares e das fichas de actividades aos alunos do 3º ciclo, para o ano letivo 2018/2019. Tendo em conta aquilo que foi anunciado pelo Ministério da Educação, que no próximo ano letivo assumirá as despesas com a oferta dos manuais escolares ao 1º e 2º ciclos, a Câmara de Boticas, que já suporta as despesas com a aquisição dos livros para as crianças do 1º ciclo há mais de 20 anos, iniciativa alargada o ano passado também ao 2º ciclo, irá agora garantir a aquisição dos livros para os alunos do 3º ciclo (7º, 8º e 9º anos), bem como das fichas de estudo para os restantes alunos. Ou seja, em 2018/2019 o Município de Boticas garante a oferta gratuita dos manuais escolares e fichas de estudo a todos os alunos que frequentam os três graus de ensino no concelho (1º, 2º e 3º ciclo). Esta medida, garante o Presidente da Câmara, Fernando Queiroga, “irá aliviar os encargos dos pais e encarregados de educação com as crianças, contribuindo também para combater a exclusão social e o abandono escolar precoce. É um exemplo da aposta que continuamos a fazer na Educação das nossas crianças, procurando sempre garantir as melhores condições de aprendizagem”. Relativamente aos alunos do 1º e 2º ciclos, o Presidente da Câmara lembra que “este ano passará a ser obrigatório o registo numa plataforma do Ministério da Educação chamada de “MEGA – Manuais Escolares GrAtuitos” que, segundo as informações de que dispomos, estará ativa apenas a partir de agosto. Essa inscrição é obrigatória, para que as crianças tenham os livros gratuitos e estamos já a estudar a possibilidade de prestar ajuda com a mesma, sobretudo para os agregados familiares que não dominam nem dispõem de acesso à internet. O Município acompanhará todo este processo para que nenhuma criança fique excluída deste apoio”, sublinha. Beneficiação da Rede de Percursos Pedonais da Vila de Boticas http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=fA http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=fA Beneficiação da Rede de Percursos Pedonais da Vila de Boticas]]>Já começaram os trabalhos de beneficiação e requalificação dos percursos pedonais que unem a localidade da Granja à vila de Boticas. O Município de Boticas pretende com a execução desta obra promover a beneficiação e expansão da rede de percursos pedonais dotando esta via de melhores condições de conforto e segurança para todos os utilizadores, contribuindo para uma mobilidade mais sustentável. A obra terá maior incidência no alargamento e pavimentação dos passeios, que serão dotados ainda da instalação de um sistema de iluminação com tecnologia LED. Também o estacionamento localizado na área intervencionada assim como a sinalização existente no local serão alvo de ordenamento e reformulação. Esta operação foi aprovada no âmbito da candidatura NORTE-06-2016-15 – Mobilidade Urbana Sustentável, Programa Operacional Regional do Norte (NORTE 2020), Eixo Prioritário 3 - Economia de Baixo Teor de Carbono,OT4 - Apoiar a transição para uma economia de baixo teor de carbono em todos os sectores,  P.I 4.5 (4e) Promoção de estratégias de baixo teor de carbono para todos os tipos de territórios, nomeadamente as zonas urbanas, incluindo a promoção da mobilidade urbana multimodal sustentável e medidas de adaptação relevantes para a atenuação, com um investimento total elegível de 331.531,77 €, e uma comparticipação FEDER de 281.802,00 €, correspondente a uma taxa de cofinanciamento de 85% do custo total elegível da operação. Requalificação dos Arruamentos da Carreira da Lebre http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=eA http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=eA Requalificação dos Arruamentos da Carreira da Lebre]]>Está em fase de acabamentos do projeto de requalificação dos arruamentos da Carreira da Lebre. A obra incluiu a construção de novos passeios e a repavimentação dos existentes, através da execução de passeios em blocos de betão amarelo, em toda a extensão e em ambos os lados da Estrada Regional 311, a adaptação e reajustamento da rede de drenagem de águas pluviais, a instalação de Ecopontos, um novo abrigo para os utilizadores de transportes públicos de passageiros, a dissimulação das linhas de telecomunicações e ainda a substituição por lâmpadas LED das luminárias. A realização desta obra surgiu da necessidade de fazer face ao crescimento urbano verificado nesta localidade. O executivo camarário pretende com esta intervenção incrementar padrões de mobilidade mais sustentáveis, melhorando os níveis de bem-estar geral da população. Obras de requalificação do Espaço Intergerações e Casa das Associações http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=dA http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=dA Obras de requalificação do Espaço Intergerações e Casa das Associações]]>O antigo edifício da sede da Cooperativa da Batata está a ser alvo de uma requalificação profunda por parte da autarquia botiquense. A reabilitação tem por base o aproveitamento de um espaço bem localizado e com muito potencial quer pela dimensão estrutural, quer pela localização, uma vez que se situa junto à EN312, via que une a localidade da Granja ao centro da vila de Boticas. Desta forma, a restruturação do edifício tem como finalidade criar um lugar com diferentes valências sociais e de carater associativo como o Espaço Intergerações, que permitirá dinamizar diversas atividades e, simultaneamente, será a Casa das Associações, um espaço onde diferentes coletividades se podem concentrar de forma a promoverem atividades direcionadas para a comunidade local. Importa ainda referir que o espaço exterior do edifício será convertido numa zona verde preparada para acolher eventos culturais e recreativos ao ar livre. As obras decorrem no âmbito candidatura n.º NORTE-16-2016-16- Reabilitação Urbana, EIXO PRIORITÁRIO 4 - Qualidade Ambiental, OT6. Preservar e proteger o ambiente e promover a utilização eficiente dos recursos, com um investimento total elegível de 1.056.411,00€, e uma comparticipação FEDER de 897.949,35€, correspondente a uma taxa de cofinanciamento de 85% do custo total elegível da operação. Concurso de Ideias http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=cA http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=cA Concurso de Ideias]]>Concurso de Ideias O Concurso “Empreender no Alto Tâmega” tem como objetivo promover ativamente a conceção e implementação com sucesso de iniciativas empreendedoras no Alto Tâmega, que contribuam para desenvolvimento desta sub-região. O Concurso destina-se a todos os cidadãos, de forma individual ou em grupo, com qualquer nível de qualificação académica, em qualquer situação profissional, que pretendam explorar uma ideia de negócio no Alto Tâmega. Para concorrer basta preencher a Ficha de Inscrição, onde se deve apresentar de forma resumida a Ideia de negócio.  Pode fazer o download da ficha de inscrição em: http://cimat.pt/wp-content/uploads/2018/07/Ficha-de-Inscri%C3%A7%C3%A3o-Concurso-Empreender-no-Alto-T%C3%A2mega_Final.docx O Concurso “Empreender no Alto Tâmega” insere-se no “Programa de atração e fixação de empreendedores no Alto Tâmega”, uma iniciativa da Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega (CIM AT), em parceria com a Associação de Municípios do Alto Tâmega (AMAT), que conta com o apoio do NORTE 2020. Regulamento disponível em: http://cimat.pt/wp-content/uploads/2018/07/Concurso-de-Ideias-CIMAT_Empreender-no-Alto-T%C3%A2mega_Regulamento_Final.pdf   Calendário Fase 1 – candidaturas até 7 de setembro Decisão até 21 de setembro   Fase 2 – Candidatura até 27 de outubro Decisão do Júri até 16 de novembro   Inscreve-te em CIMAT.PT | +351 276 301 000 | geral@cimat.pt   Visite Alto Tâmega http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=bA http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=bA Visite Alto Tâmega]]>A região do Alto Tâmega, constituída pelos municípios de Boticas, Chaves, Montalegre, Ribeira de Pena, Valpaços e Vila Pouca de Aguiar abrange uma área de aproximadamente 2 922 km2e registava em 2015, de acordo com as projeções do Instituto Nacional de Estatística (INE), uma população residente de 89.260 habitantes, correspondendo sensivelmente a 2,5%da população da região Norte de Portugal. Este território constitui uma das vinte e três Comunidades Intermunicipais (CIM) nacionais, fazendo fronteira com outras quatro CIM – Cávado, Ave, Douro e Terras de Trás-os-Montes – e a Norte com Espanha, o que coloca a região numa posição privilegiada tendo em vista possibilidades de promoção de relações transfronteiriças, em especial com a província vizinha de Orense.  Boticas recebe chegada da Volta a Portugal em Bicicleta http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=aA http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=aA Boticas recebe chegada da Volta a Portugal em Bicicleta]]>Boticas será palco da chegada da 6ª etapa da 80ª Volta a Portugal Santander, a maior prova velocipédica nacional, que se realiza de 1 a 12 de agosto. A prova foi apresentada no passado dia 29 de junho, em Lisboa, onde o Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, conjuntamente com o seu homólogo de Sernancelhe, Carlos Silva Santiago, e o diretor do evento, Joaquim Gomes, trocaram algumas opiniões uma vez que a 6ª etapa terá início em Sernancelhe e termino em Boticas. A 6ª etapa está marcada para o dia 8 de agosto e tem um trajeto de mais de 165 km. A chegada dos ciclistas à meta está prevista para as 17h15. Durante o dia a animação está garantida com a transmissão em direto, a partir do parque de lazer do Ribeiro do Fontão, do programa da RTP “Há Volta”, apresentado por Hélder Reis, Joana Teles e Catarina Camacho. Neste dia haverá alguns condicionamentos de trânsito pelo que a autarquia solicita desde já a compreensão dos munícipes. II Volta a Boticas em Bicicleta http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=Z9 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=Z9 II Volta a Boticas em Bicicleta]]>Realizou-se no passado domingo, dia 8 de julho, a 2ª edição da Volta a Boticas em bicicleta. A prova, inserida no Campeonato Regional de Estrada da Associação Regional de Ciclismo de Vila Real (ARCVR) e organizada pelo Clube BTT Boticas com o apoio da Câmara Municipal, da Federação Portuguesa de Ciclismo, Instituto Português da Juventude e Junta de Freguesia de Boticas e Granja, contou com a participação de cerca de meia centena de ciclistas. Os participantes desfrutaram das belas paisagens existentes no Concelho de Boticas ao longo dos 80 km do percurso em estrada. Superadas as dificuldades técnicas e físicas, devido às altas temperaturas que se fizeram sentir, os atletas demonstraram-se satisfeitos pela realização de mais uma prova de estrada no Município Barrosão. No final da volta decorreu a habitual atribuição de troféus aos três primeiros classificados de todas as categorias em competição e à classificação geral. A entrega ficou a cargo da Vereadora do Desporto, Maria do Céu Fernandes e do Vereador Hélio Martins. Botiquense medalhado em Torneio Internacional de Wushu http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=Y9 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=Y9 Botiquense medalhado em Torneio Internacional de Wushu]]>O botiquense Telmo Marinho, que representou a seleção portuguesa de artes marciais chinesas, no XVII Torneio International Wushu, conquistou a medalha de prata na categoria de Sanda - 75 kg. O evento desportivo, organizado pela Departamento Galego de Wushu, decorreu de 29 de junho a 1 de julho, em Ourense, e contou com a participação de atletas de países como a Venezuela, Roménia, Colômbia, China, Portugal, Andorra e várias províncias de Espanha. “Atlas da Arqueologia do Parque Arqueológico do Vale do Terva” apresentado na Feira do Livro de Braga http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=X9 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=X9 “Atlas da Arqueologia do Parque Arqueológico do Vale do Terva” apresentado na Feira do Livro de Braga]]>A Vereadora da Cultura da Câmara Municipal, Maria do Céu Fernandes, esteve presente esta segunda-feira, dia 2 de julho, na apresentação do livro “Atlas da Arqueologia do Parque Arqueológico do Vale do Terva”, que decorreu em Braga, no âmbito da Feira do Livro. A obra, da autoria de Luís Fontes, Bruno Osório, Mafalda Alves e Maurício Guerreiro, tem por base trabalhos de prospeção, inventário e classificação de sítios e achados arqueológicos existentes nas cinco aldeias que constituem o PAVT, Ardãos, Bobadela, Nogueira, Sapelos e Sapiãos. Recorde-se que o Atlas da Arqueologia do Parque Arqueológico do Vale do Terva surgiu, assim como outras obras já publicadas, através do protocolo de colaboração que o Município de Boticas tem com a Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho. Debate “Alto Tâmega 2030 – Elementos Chave para a Estratégia 2030” http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=W9 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=W9 Debate “Alto Tâmega 2030 – Elementos Chave para a Estratégia 2030” ]]>O Presidente da Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega (CIM AT), Fernando Queiroga, participou, no passado dia 28 de junho, no debate “Alto Tâmega 2030 – Elementos Chaves para a Estratégia 2030”, onde foi analisada a reprogramação do Norte 2020 e delineadas as estratégias da CIM AT para os fundos comunitários 2030. Fernando Queiroga destacou que “é fundamental que os municípios do Alto Tâmega se mantenham unidos em busca de melhores oportunidades para a região, mediante as necessidades e anseios das populações”. A iniciativa teve como objetivo principal concertar uma estratégia sobre os apoios do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, da União Europeia, para a região. As estratégias apresentadas pela CIM AT fundamentaram-se na fixação e atração de mais população para os seis concelhos que constituem o Alto Tâmega, incentivo à fixação de empresas e a aposta no desenvolvimento e inovação em setores como a agricultura, agroindústria, floresta e pecuária, turismo e saúde e bem-estar. O debate permitiu ainda que os interessados pudessem dar a sua opinião e participar no desenvolvimento da região através da exposição de sugestões relativamente aos apoios previstos. Câmara Municipal e Juntas de Freguesias aderiram ao Compromisso de Pagamento Pontual http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=V9 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=V9 Câmara Municipal e Juntas de Freguesias aderiram ao Compromisso de Pagamento Pontual]]>O Salão Nobre dos Paços do Concelho recebeu esta quarta-feira, dia 27 de junho, a cerimónia de adesão, por parte da autarquia e das dez juntas de freguesia do concelho, ao Compromisso Pagamento Pontual. O Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, liderou a cerimónia que contou com a presença do representante da ACEGE Vila Real, João Cavaleiro, e do secretário-geral da ACEGE, Jorge Líbano Monteiro. O projeto, da responsabilidade da Associação Cristã de Empresários e Gestores (ACEGE), tem como finalidade incentivar as empresas, autarquias e organizações nacionais a assumir de forma voluntária o acordo de pagar atempadamente a funcionários e fornecedores. A implementação desta medida por parte das empresas aderentes ao Compromisso Pagamento Pontual permite, segundo João Cavaleiro, “combater a forma generalizada com que habitualmente são feitos os pagamentos em Portugal. A adesão não só da Câmara de Boticas, mas também das juntas de freguesia do concelho é um exemplo para a região, uma vez que no distrito apenas as autarquias de Boticas e Vila Real aderiram a este compromisso”. Por sua vez, Jorge Líbano Monteiro, referiu que “o intuito da criação do compromisso prendeu-se com o facto de inverter o ciclo vicioso dos pagamentos atrasados que, sem nos apercebemos, interferem na economia nacional. Queremos mudar atitudes e mentalidades”. Já Fernando Queiroga referiu que “o pagamento atempado quer a funcionários quer a fornecedores é uma questão de educação e, acima de tudo, de princípios. Ou as autarquias, instituições e empresas se mentalizam definitivamente que o pagamento tem de ser feito a tempo e horas ou não vamos chegar a lado nenhum”. “A Câmara de Boticas sempre teve algum cuidado com este tipo de pagamento. No 1º trimestre de 2018, a autarquia estava a pagar a 15 dias e, desde então, que estamos a trabalhar no sentido de encurtar ainda mais esse prazo”, destacou o autarca. No final da cerimónia foram atribuídos os certificados de adesão ao compromisso à autarquia e às de juntas de freguesia do concelho. Pavilhão Gimnodesportivo equipado com iluminação LED http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=U9 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=U9 Pavilhão Gimnodesportivo equipado com iluminação LED]]>O Pavilhão Gimnodesportivo de Boticas foi recentemente alvo de uma intervenção, que teve como fundamento a substituição, por lâmpadas LED, da luminária existente no edifício.  A intervenção decorreu no âmbito da candidatura "Beneficiação do Pavilhão Gimnodesportivo de Boticas - Eficiência Energética", apresentada pelo Município de Boticas, AVISO 21 – ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EFICIENTE 2016, através do Fundo de Eficiência Energética (FEE), tendo um investimento total elegível de 16.736,00€ e uma comparticipação de 13.388,80€, correspondente a uma taxa de cofinanciamento de 80% do custo total elegível da operação. O principal objetivo da intervenção foi a redução do consumo de energia do edifício, contribuindo desta forma para a diminuição da despesa pública. A beneficiação pretende contribuir para a promoção do uso racional de energia alinhando com as metas definidas no Plano Nacional de Ação para a Eficiência Energética (PNAEE) que tem como propósito alcançar um nível de eficiência energética de 30% nos organismos e serviços da Administração Pública até 2020. Mais de cem jovens participam no Boticas Mexe http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=T9 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=T9 Mais de cem jovens participam no Boticas Mexe]]>O Programa de Ocupação de Tempos Livres promovido pela Câmara Municipal, “Boticas Mexe”, arrancou esta quarta-feira, dia 27 de junho, com a receção de mais de uma centena de jovens, no Salão Nobre dos Paços do Concelho. A dar as boas-vindas aos participantes esteve o Presidente da Câmara, Fernando Queiroga, acompanhado pela Vereadora Maria do Céu Fernandes. Fernando Queiroga destacou a forma como cada um dos participantes deve encarar as funções que lhe forem atribuídas. “É fundamental que se respeitem as regras de funcionamento das entidades onde vão desempenhar funções e encarem as tarefas que vos forem atribuídas com responsabilidade, pois serão responsáveis pela divulgação e promoção do nosso concelho”, realçou o autarca. Fernando Queiroga aproveitou ainda a oportunidade para referir que “é gratificante constatar que, de ano para ano, o número de participantes tem vindo sempre a aumentar. Isto é a prova de que estamos a fazer as escolhas certas.”. O Programa de Ocupação de Tempos Livres “Boticas Mexe” decorrerá durante os meses de julho e agosto e tem como público-alvo jovens com idades compreendidas entre os 14 e os 25 anos, naturais ou residentes no concelho. Os participantes desempenharão funções em áreas como Ambiente e Proteção Civil, Ação Social, Cultura e Património e Turismo e Lazer. Este programa visa promover a ocupação dos tempos livres dos jovens, orientando-os para o desempenho de atividades ocupacionais que proporcionem a conquista de hábitos de voluntariado, que permitam o contacto experimental com algumas atividades profissionais e que potenciem a capacidade de intervenção e participação social. Assembleia Municipal aprovou Relatório de Gestão e Contas Consolidadas de 2017 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=S9 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=S9 Assembleia Municipal aprovou Relatório de Gestão e Contas Consolidadas de 2017]]>Decorreu esta quarta-feira, dia 27 de junho, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, uma sessão ordinária da Assembleia Municipal, onde foram apreciados vários assuntos de interesse municipal, entre os quais o Relatório de Gestão e Contas Consolidadas relativo ao ano de 2017, que após análise por parte dos deputados, foi aprovado por maioria. Autarquia e RI 19 preparam vigilância da floresta http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=R9 http://www.cm-boticas.pt/noticias/default.php?id=R9 Autarquia e RI 19 preparam vigilância da floresta]]>O Município de Boticas e o Regimento de Infantaria N.º 19 reuniram esta segunda-feira, dia 25 de junho, no edifício da Câmara Municipal, para concertar os procedimentos necessários para o início da vigilância da floresta, dando seguimento ao protocolo de colaboração assinado entre as duas instituições. A reunião contou com a presença do Presidente da Câmara, Fernando Queiroga, de responsáveis do RI 19 e do Comandante dos Bombeiros de Boticas, Carlos Gomes. O patrulhamento será feito pelos militares do RI 19 e acompanhado pelas estruturas da Proteção Civil Municipal, nomeadamente o Gabinete Técnico Florestal da autarquia e os Bombeiros Voluntários de Boticas. O período de vigilância decorrerá entre o próximo mês de julho até setembro, fase crítica e com maior probabilidade de ocorrência de incêndios florestais.