Circuito Pedonal do Ribeiro do Fontão


Designação do projeto – Circuito Pedonal do Ribeiro do Fontão

Código do projeto – NORTE-06-3928-FEDER-000211

Objetivo principal – Promover o emprego e apoiar a mobilidade laboral

Região de intervenção – Norte

Entidade beneficiária – Município de Boticas

 

Data de aprovação – 18-03-2021

Data de início – 01-01-2021

Data de conclusão – 31-12-2022

Custo total elegível – 215 089,40€

Apoio financeiro da União Europeia – FEDER – 182 825,99€

Apoio financeiro público nacional – 32 263,41€

 

Descrição do Projeto:

No âmbito da presente operação o município de Boticas pretende criar um circuito pedonal nas margens do Ribeiro do Fontão, proporcionando aos seus utilizadores a possibilidade de observarem a fauna e flora, os montes e cultivos, cujas cores contrastam com o cinzento do granito em que se erguem os muros que separam as propriedades, assumindo e apresentando a agricultura como uma forma de vida das gentes que ai habitam.

 

Objetivos Específicos do Projeto:

 

  • Valorização do património natural do território e consolidação do Ribeiro do Fonte como âncora da sua visitação, contribuindo assim, para a afirmação de uma estratégia de desenvolvimento turístico, na área do turismo de natureza ou ecoturismo.
  • Contribuir para um aumento significativo dos visitantes deste património natural, e para a emergência, num território de baixa densidade, de uma oferta integrada de serviços que possibilite o aproveitamento das mais-valias económicas, sociais, culturais e ambientais decorrentes da atividade turística;
  • Promover, conservar e valorizar os elementos patrimoniais, locais, paisagísticos e ambientais de um território classificado como Património Agrícola Mundial;
  • Projetar uma imagem dinâmica e única junto do público, que encontrará aqui uma oferta global e cativante, potenciadora de estadias mais prolongadas;
  • Criar mecanismos direcionados para a fixação de população e para o aumento da qualidade de vida generalizada das comunidades locais, através da rentabilização dos ativos do território;
  • Afirmação da estratégia do Município assente no desenvolvimento turístico através da utilização de recursos endógenos;

 

Resultados esperados/atingidos:

 

O Ribeiro do Fontão, que atravessa o centro da vila de Boticas, encerra um grande potencial para se assumir, principal corredor ecológico da vila. Este projeto tem em vista o reforço e concretização dessa potencialidade.

Nos períodos mais recentes, o Ribeiro do Fontão tem sido alvo de intervenções bem-sucedidas no que concerne à sua qualificação. Os espaços públicos atravessados pelo Ribeiro foram enriquecidos por espaços verdes estrategicamente concebidos e as margens foram naturalizadas, tendo em vista a concretização de um espaço de equilíbrio ambiental e paisagístico. Na verdade, a rede verde construída em torno do Ribeira do Fontão é um exemplo paradigmático da constituição de corredores ecológicos em estreita articulação com as zonas urbanas envolventes.

Apesar da qualidade das intervenções já efetuadas, o espaço envolvente do Ribeiro do Fontão apresenta ainda zonas descaracterizadas, sobretudo na zona norte, ainda dentro do perímetro urbano. O canal atravessa terrenos que não se encontram convenientemente adequados à sua passagem, provocando situações de conflito e fragmentação com a rede verde qualificada da parte sul da vila e de subaproveitamento do potencial ecológico do Ribeiro do Fontão.

Neste sentido, pretende-se a expansão da renaturalização das margens do Ribeiro para norte, com a criação de um parque verde marginal que complete o corredor ecológico. De assinalar também que a expansão do parque do Ribeiro do Fontão neste sentido permitirá melhorias consideráveis para a articulação de vários espaços urbanos, atualmente desconexos. Especificamente, a partir do corredor verde, articular-se-á uma ligação mais eficaz entre o núcleo central da vila com os aglomerados de génese rural, com especial destaque a Sangunhedo, pela sua proximidade. A intervenção proposta pretende dar continuidade a um projeto anterior que imprimiu a necessária dinâmica ecológica na vila de Boticas.